Sunset Overdrive chegou finalmente para PC e custa apenas 19.99€. Livre do bloqueio a 900p30 da versão Xbox One original, o jogo ficou muito melhor, mas por mais bom que possa ser, a qualidade da conversão podia ser muito melhor.

Vamos começar pelo positivo. Sunset Overdrive permite escolher entre diversas resoluções e podes optar por rácios de fotogramas bloqueados a 30fps ou 60fps, mas também podes correr desbloqueado, indo até 120p se tiveres poder para isso. O jogo não parece oferecer grandes melhorias na arte sobre a versão original, mas não faz mal - operar numa resolução superior torna-o mais nítido.

No primeiro jogo da Insomniac para esta geração, o estúdio usou uma cadência repleta de efeitos pós-processamento e tudo isto é adorável - incluindo a implementação de um dos melhores motion blurs da indústria - fica lindo no PC. O efeito também se adapta bem ao aumentar a resolução e rácio de fotogramas. Ver este jogo a 4K ou 120Hz é espantoso: Sunset Overdrive revela muito bem a capacidade do PC para se adaptar a diferentes configurações. Resumindo, é uma conversão a bom preço e uma boa experiência no geral, a melhoria sobre a Xbox One é imensa.

Mas a qualidade da conversão em si não é excepcional - na verdade, até desilude. Desenvolvida pela Blind Squirrel Studios, não existem muitas opções no jogo: apenas alguns interruptores e opções SMAA anti-aliasing que parecem fazer pouco.

Sunset Overdrive fica fantástico a 4K60.

A anti-aliasing é uma grande desilusão, mas felizmente, a ferramenta Reshade ajuda onde o estúdio falhou e usei uma combinação de FXAA, SMAA e um leve filtro para aumentar a nitidez e consegui um resultado excelente sem afectar muito a performance.

Outros problemas não são tão fáceis de resolver: o jogo está bloqueado em ecrã completo sem bordas ou em modo janela sem suporte para ecrã completo e nem sequer existe para outro rácio que não seja 16:9 - até a comunidade deitar as mãos ao jogo. Pelo menos, a resolução interna opera de forma independente da resolução do ecrã, por isso consegui jogar a 5K30 com facilidade na minha UHDTV.

Mas fica a sensação que o código entregue à Blind Squirrel não foi desenhado para oferecer uma boa capacidade de adaptação em definições individuais, o que faz sentido, por mais frustrante que seja. A Insomniac desenvolveu o jogo para uma plataforma fixa, estabeleceu orçamentos de performance de acordo com a consola e provavelmente nem integrou diferentes níveis de qualidade para efeitos individuais no código do jogo. Basicamente, o melhor é deixar tudo ligado e ajustar a performance e a resolução de acordo, até o jogo correr bem.

PC versionXbox One
Apesar do nível de detalhe permanece consistente com o da Xbox One, a resolução superior no PC é reveladora. Infelizmente, a solução anti-aliasing é fraca.
PC versionXbox One
O pop-in é consistente com o que viste na Xbox One, mas existem pequenas melhorias.
PC versionXbox One
O menu de opções é básico, mas desactivar efeitos como campo de profundidade e nevoeiro pode transformar por completo o jogo.
PC/ReshadePC/Standard SMAA
Uma comparação entre SMAA e Reshade com FXAA, SMAA e filtro de nitidez adaptável. Não é a solução perfeita, mas sinto que melhora imenso a qualidade geral da imagem.

No meu PC - equipado com uma Titan Xp - podia correr o jogo a 4K60, mas em cenas repletas de efeitos e cutscenes perdia alguns fotogramas, especialmente com as minhas definições AA. Como seria de esperar, 1440p corre bem - mas fica a sensação que devíamos ter melhor performance, especialmente tendo em conta que as gráficas actuais têm muito mais poder do que a Xbox One original.

Existem mais problemas. É praticamente essencial usar um comando em Sunset Overdrive pois os controlos com o rato não funcionam muito bem: demasiado sensíveis e não seguem bem a velocidade dos teus movimentos. Apesar de gostar de jogar com o comando - o dispositivo para o qual o jogo foi pensado - muitos jogadores PC preferem o movimento do rato e fica a sensação que não teve muita atenção.

É uma sensação agridoce. Por um lado, tens uma versão de Sunset Overdrive com melhor performance que a da versão original e é uma experiência fantástica. Mas é uma conversão básica: com a excepção da resolução e performance, não existem melhorias sobre a Xbox One, as opções são muito limitadas e alguns aspectos fundamentais não funcionam. Mas o jogo em si vale bem a pena e por 19.99€ é um grande valor. Apenas fica a sensação que Sunset Overdrive merecia mais carinho e atenção.

Publicidade

Sobre o Autor

John Linneman

John Linneman

Staff Writer, Digital Foundry

An American living in Germany, John has been gaming and collecting games since the late 80s. His keen eye for and obsession with high frame-rates have earned him the nickname "The Human FRAPS" in some circles. He’s also responsible for the creation of DF Retro.

Mais artigos pelo John Linneman

Comentários (7)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados