No Man's Sky recebeu a actualização NEXT, a mais profunda reinvenção do jogo. Em termos de melhorias na tecnologia, câmara na terceira pessoa, o muito desejado modo multi-jogador, melhorias na construção de bases e mais - muito foi feito deste o lançamento original. A sério, não é apenas a maior actualização de sempre para No Man's Sky's, é também um lançamento digno de referência na Xbox One e Xbox One X, onde podes finalmente desfrutar deste jogo fascinante.

O tamanho do ficheiro cresceu imenso desde o lançamento, algo que é revelador. No Man's Sky ocupava 3GB - devido à arte e locais gerados aleatoriamente, mas a versão NEXT ocupa 8GB na Xbox One, onde recebes todas as actualizações e benefícios. Apesar de ser difícil apontar com precisão o antes e depois das melhorias visuais, tens a promessa de melhor geração de terrenos, iluminação, distâncias de visão, efeitos atmosféricos melhorados, texturas de maior qualidade, shaders de água e novos efeitos sonoros - e a câmara na terceira pessoa.

A nova câmara destaca-se desde logo e é a pré-definida para quem começa. Tem os seus prós e contras, mas dá-te uma boa sensação de perspectiva neste enorme recreio. O personagem detalhado é renderizado no ecrã, as animações espantosamente variadas. Tem muito bom aspecto: a cada passo, cada tipo de inclinação é tida em conta - significando que uma colina íngreme activa um caminhar lateral, enquanto podes correr em terreno plano. Algo frustrante aqui é a forma como a câmara flutua atrás, está apenas ligeiramente ligada ao teu movimento. Movimenta-se da esquerda para a direita constantemente e nunca se fixa no sujeito - apontar o retículo é mais difícil do que na primeira pessoa.

Talvez seja o triunfo do estilo sobre a funcionalidade, mas é um belo extra e podes mudá-la a qualquer momento. A força de No Man's Sky sempre foi demonstrar o teu pequeno tamanho num universo, ter um avatar na terceira pessoa ajuda a ilustrar essa escala. A construção de bases também foi melhorada com um novo tutorial que te encoraja a usar blocos mais pequenos para construir a base antes de uma tempestade. Tudo isto é agora mais flexível e até podes construir em direcção a corpos de água.

Vídeo a 4K de No Man's Sky na Xbox One X.

A distância de visão melhorada é outra melhoria importante. O jogo continua a gerar de forma processual o terreno - criando o terreno à tua frente mesmo antes de lá chegares. A Xbox One X foi a primeira versão que experimentamos e o pop-in não é tão óbvio quanto na PS4 base no lançamento. Olhando para trás, as montanhas e árvores podiam surgir logo à frente da câmara na PS4, especialmente quando voavas. Apesar de existirem sinais de terreno a desaparecer na X com a NEXT instalada, está mais escondido e foram adicionadas mais funcionalidades visuais.

A simulação de nuvens é um exemplo, recebe novas variáveis em cada planeta, permitindo que sejam projectadas sombras no chão. Escolhe o planeta certo e a atmosfera é tanta que também acelerará baseado nas propriedades do vento - criando um surreal pulso entre luz e escuridão. É um fantástico extra e combina lindamente com os efeitos de neve e chuva - a iluminação é consistente com o ciclo noite e dia que governa cada planeta. O único senão está nas nuvens em si: correm em baixa resolução.

No restante, permanecem os belos efeitos que No Man's Sky construiu ao longo dos anos: motion blur, anti-aliasing temporal e até efeitos como campo de profundidade. Dá ao jogo o aspecto de um título de alto orçamento à distância e mesmo ao perto, os blocos de construção do mundo são fáceis de ver em algumas texturas na lama. Está tudo lá na Xbox One, incluindo o elegante efeito de feixe de luz adicionado na actualização Pathfinder. Olhando para trás, existiram muitos desafios perante a Hello Games - este feito originalmente não funcionava na PS4. Aqui está correcto e lindo.

No Man's Sky corre a 1600x900 nativa na Xbox One, na PS4 corre a 1080p - mas a imagem é boa na mesma - apenas um pouco menos nítida - graças ao processo AA temporal. Como seria de esperar, a Xbox One X é mais ambiciosa. A sua GPU de 6 teraflops é usada para obter dois modos de jogo, qualidade e performance. Além disso, o rácio de fotogramas pode ser bloqueado a 30fps ou desbloqueado.

Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
No Man's Sky chega à Xbox One com melhorias na X e dois modos de jogo.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
A Xbox One X consegue 4K nativa - a primeira consola a conseguir isso. O modo performance desce para 2560x1440, ainda assim um grande salto sobre a 900p nativa da Xbox One.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
A Xbox One X apresenta distâncias de visão superiores e uma melhoria no filtro de texturas.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
A qualidade das texturas parece a mesma em todas as consolas.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
A Xbox One aguenta-se bem a 900p, apesar de ser a resolução inferior numa consola - os efeitos estão muito perto dos da X.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
Repara que a X gera mais árvores à distância.

O modo qualidade oferece os melhores visuais, corre a 3840x2160 nativa. É a primeira vez que No Man's Sky corre a 4K nativa numa consola e recompensa imenso quando olhas para o horizonte. Todos os belos detalhes - montanhas, árvores e criaturas - são discerníveis à distância. Este é o modo indicado para quem dá privilégio à qualidade de imagem e também tem várias melhorias sobre a Xbox One X, como melhor filtro de texturas e maior distância de visão - mas muitas texturas são idênticas. A qualidade da oclusão ambiental também é diferente e a Xbox One X é usada especialmente para chegar a 4K. É um grande salto, de 5.7x, de 900p para 4K - um dos maiores jamais vistos na X.

No entanto, existe um senão. Apesar da apresentação a 4K valer bem a pena, puxa a máquina ao ponto de 30fps não ser sustentável. Se desbloqueares o rácio de fotogramas encontrarás 30fps em muito planetas, até superior, especialmente em zonas vazias. Ainda assim, existem casos em que descem para 20s, activando a v-sync se o bloqueio a 30fps estiver activo. Aterrar em planetas, disparar lasers em selvas ou até caminhar na primeira estação especial activa quedas na Xbox One X a 4K, com tearing no topo do ecrã.

Para remediar isto, o modo performance corre a 2560x1440 e mantém a maioria das definições do modo qualidade. Se compararmos as 3 opções de jogar na Xbox One e X, esta é a preferível se queres um rácio de fotogramas sólido. Infelizmente, 60fps consistentes não é possível em modo performance e provavelmente encontrarás muitas quedas. Existem áreas mais simples que correm a 60fps, mas na maioria encontrarás quedas, com tearing. Recomendamos manter o bloqueio a 30fps para uma experiência mais consistente.

Algo curioso é que o modo 4K pode ter pior performance do que na Xbox One base. A primeira estação espacial é um bom exemplo; a geração processual é retirada da equação, deixando-te com um simples teste GPU num hangar. Isto afecta mais a Xbox One X, mas onde realmente importa - exploração de planetas - as posições invertem-se e a X lidera. A Xbox One S é onde são precisas mais melhorias. Voar para cada novo planeta vai abaixo de 20fps e apesar da Xbox One X também sofrer com estes soluços, é mais regular no modelo normal - mesmo no chão.

A transição da Hello Games para a Xbox One foi suave. A espera teve benefícios e na X terás a versão mais rida de No Man's Sky. Um verdadeiro modo 60fps, a 1080p se for preciso, teria sido um belo extra, mas para quem quer um jogo a 4K - com HDR - ficará contente. Há mais a caminho de No Man's Sky e os jogadores Xbox One podem finalmente conhecer um dos mais fascinantes jogos desta geração.

Sobre o Autor

Thomas Morgan

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Mais artigos pelo Thomas Morgan

Comentários (36)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

No Man's Sky - Análise

O infinito não é suficiente.

No Man's Sky - As melhores dicas para Iniciantes

Queres ajuda para explorar o universo?

Jogador de No Man's Sky constrói monumento de Sean Murray

Colocou a cara do criador do jogo na superfície de um planeta.

No Man's Sky a 4K nativa na Xbox One X

Podes optar por 1440p a 60fps se quiseres.