Como No Man's Sky usa o poder da Xbox One X

Como está na consola padrão?

No Man's Sky recebeu a actualização NEXT, a mais profunda reinvenção do jogo. Em termos de melhorias na tecnologia, câmara na terceira pessoa, o muito desejado modo multi-jogador, melhorias na construção de bases e mais - muito foi feito deste o lançamento original. A sério, não é apenas a maior actualização de sempre para No Man's Sky's, é também um lançamento digno de referência na Xbox One e Xbox One X, onde podes finalmente desfrutar deste jogo fascinante.

O tamanho do ficheiro cresceu imenso desde o lançamento, algo que é revelador. No Man's Sky ocupava 3GB - devido à arte e locais gerados aleatoriamente, mas a versão NEXT ocupa 8GB na Xbox One, onde recebes todas as actualizações e benefícios. Apesar de ser difícil apontar com precisão o antes e depois das melhorias visuais, tens a promessa de melhor geração de terrenos, iluminação, distâncias de visão, efeitos atmosféricos melhorados, texturas de maior qualidade, shaders de água e novos efeitos sonoros - e a câmara na terceira pessoa.

A nova câmara destaca-se desde logo e é a pré-definida para quem começa. Tem os seus prós e contras, mas dá-te uma boa sensação de perspectiva neste enorme recreio. O personagem detalhado é renderizado no ecrã, as animações espantosamente variadas. Tem muito bom aspecto: a cada passo, cada tipo de inclinação é tida em conta - significando que uma colina íngreme activa um caminhar lateral, enquanto podes correr em terreno plano. Algo frustrante aqui é a forma como a câmara flutua atrás, está apenas ligeiramente ligada ao teu movimento. Movimenta-se da esquerda para a direita constantemente e nunca se fixa no sujeito - apontar o retículo é mais difícil do que na primeira pessoa.

Talvez seja o triunfo do estilo sobre a funcionalidade, mas é um belo extra e podes mudá-la a qualquer momento. A força de No Man's Sky sempre foi demonstrar o teu pequeno tamanho num universo, ter um avatar na terceira pessoa ajuda a ilustrar essa escala. A construção de bases também foi melhorada com um novo tutorial que te encoraja a usar blocos mais pequenos para construir a base antes de uma tempestade. Tudo isto é agora mais flexível e até podes construir em direcção a corpos de água.

Vídeo a 4K de No Man's Sky na Xbox One X.

A distância de visão melhorada é outra melhoria importante. O jogo continua a gerar de forma processual o terreno - criando o terreno à tua frente mesmo antes de lá chegares. A Xbox One X foi a primeira versão que experimentamos e o pop-in não é tão óbvio quanto na PS4 base no lançamento. Olhando para trás, as montanhas e árvores podiam surgir logo à frente da câmara na PS4, especialmente quando voavas. Apesar de existirem sinais de terreno a desaparecer na X com a NEXT instalada, está mais escondido e foram adicionadas mais funcionalidades visuais.

A simulação de nuvens é um exemplo, recebe novas variáveis em cada planeta, permitindo que sejam projectadas sombras no chão. Escolhe o planeta certo e a atmosfera é tanta que também acelerará baseado nas propriedades do vento - criando um surreal pulso entre luz e escuridão. É um fantástico extra e combina lindamente com os efeitos de neve e chuva - a iluminação é consistente com o ciclo noite e dia que governa cada planeta. O único senão está nas nuvens em si: correm em baixa resolução.

No restante, permanecem os belos efeitos que No Man's Sky construiu ao longo dos anos: motion blur, anti-aliasing temporal e até efeitos como campo de profundidade. Dá ao jogo o aspecto de um título de alto orçamento à distância e mesmo ao perto, os blocos de construção do mundo são fáceis de ver em algumas texturas na lama. Está tudo lá na Xbox One, incluindo o elegante efeito de feixe de luz adicionado na actualização Pathfinder. Olhando para trás, existiram muitos desafios perante a Hello Games - este feito originalmente não funcionava na PS4. Aqui está correcto e lindo.

No Man's Sky corre a 1600x900 nativa na Xbox One, na PS4 corre a 1080p - mas a imagem é boa na mesma - apenas um pouco menos nítida - graças ao processo AA temporal. Como seria de esperar, a Xbox One X é mais ambiciosa. A sua GPU de 6 teraflops é usada para obter dois modos de jogo, qualidade e performance. Além disso, o rácio de fotogramas pode ser bloqueado a 30fps ou desbloqueado.

Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
No Man's Sky chega à Xbox One com melhorias na X e dois modos de jogo.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
A Xbox One X consegue 4K nativa - a primeira consola a conseguir isso. O modo performance desce para 2560x1440, ainda assim um grande salto sobre a 900p nativa da Xbox One.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
A Xbox One X apresenta distâncias de visão superiores e uma melhoria no filtro de texturas.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
A qualidade das texturas parece a mesma em todas as consolas.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
A Xbox One aguenta-se bem a 900p, apesar de ser a resolução inferior numa consola - os efeitos estão muito perto dos da X.
Xbox OneXbox One X QualityXbox One X Performance
Repara que a X gera mais árvores à distância.

O modo qualidade oferece os melhores visuais, corre a 3840x2160 nativa. É a primeira vez que No Man's Sky corre a 4K nativa numa consola e recompensa imenso quando olhas para o horizonte. Todos os belos detalhes - montanhas, árvores e criaturas - são discerníveis à distância. Este é o modo indicado para quem dá privilégio à qualidade de imagem e também tem várias melhorias sobre a Xbox One X, como melhor filtro de texturas e maior distância de visão - mas muitas texturas são idênticas. A qualidade da oclusão ambiental também é diferente e a Xbox One X é usada especialmente para chegar a 4K. É um grande salto, de 5.7x, de 900p para 4K - um dos maiores jamais vistos na X.

No entanto, existe um senão. Apesar da apresentação a 4K valer bem a pena, puxa a máquina ao ponto de 30fps não ser sustentável. Se desbloqueares o rácio de fotogramas encontrarás 30fps em muito planetas, até superior, especialmente em zonas vazias. Ainda assim, existem casos em que descem para 20s, activando a v-sync se o bloqueio a 30fps estiver activo. Aterrar em planetas, disparar lasers em selvas ou até caminhar na primeira estação especial activa quedas na Xbox One X a 4K, com tearing no topo do ecrã.

Para remediar isto, o modo performance corre a 2560x1440 e mantém a maioria das definições do modo qualidade. Se compararmos as 3 opções de jogar na Xbox One e X, esta é a preferível se queres um rácio de fotogramas sólido. Infelizmente, 60fps consistentes não é possível em modo performance e provavelmente encontrarás muitas quedas. Existem áreas mais simples que correm a 60fps, mas na maioria encontrarás quedas, com tearing. Recomendamos manter o bloqueio a 30fps para uma experiência mais consistente.

Algo curioso é que o modo 4K pode ter pior performance do que na Xbox One base. A primeira estação espacial é um bom exemplo; a geração processual é retirada da equação, deixando-te com um simples teste GPU num hangar. Isto afecta mais a Xbox One X, mas onde realmente importa - exploração de planetas - as posições invertem-se e a X lidera. A Xbox One S é onde são precisas mais melhorias. Voar para cada novo planeta vai abaixo de 20fps e apesar da Xbox One X também sofrer com estes soluços, é mais regular no modelo normal - mesmo no chão.

A transição da Hello Games para a Xbox One foi suave. A espera teve benefícios e na X terás a versão mais rida de No Man's Sky. Um verdadeiro modo 60fps, a 1080p se for preciso, teria sido um belo extra, mas para quem quer um jogo a 4K - com HDR - ficará contente. Há mais a caminho de No Man's Sky e os jogadores Xbox One podem finalmente conhecer um dos mais fascinantes jogos desta geração.

Publicidade

Salta para os comentários (56)

Sobre o Autor

Thomas Morgan

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Conteúdos relacionados

Fallout 4 recriado em Dreams de forma surpreendente

Os fãs continuam a dar asas à imaginação.

Days Gone a 22.99€ nas novas Promoções PS Store

PES 2020, The Surge 2 e Star Wars Jedi também receberam descontos.

Universidades interessadas em Dreams

Ferramentas da Media Molecule poderão ter fins educacionais.

Switch Lite vendeu mais do que o modelo matriz nas lojas japonesas

Hatsune Miku conquistou os japoneses na Switch.

Também no site...

Comentários (56)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários