PlayerUnknown's Battlegrounds é - sem margem para dúvidas - o maior jogo do mundo, neste momento, pelo que a exclusividade do título na consola da Microsoft é algo que não se pode levar de ânimo leve. Igualmente, sem margem para dúvidas, é o facto dos gráficos do jogo da versão PC serem um constante trabalho em progresso, com uma performance pouco estável. Com isso em mente, alguns poderão dizer que é praticamente miraculoso que alguma versão de PUBG consiga correr numa consola. Contudo, numa outra perspectiva, é inegável que o estado actual do jogo está a léguas do que é esperado de um lançamento para uma consola.

PUBG na Xbox One começa de forma promissora mas, assim que passes do menu de criação de personagem para o primeiro lobby do jogo, irás deparar-te com texturas de baixa resolução que parecem estar a falhar, combinadas com uma performance que se encontra ou acima, ou abaixo, dos 20 fps - isso dependerá se estás a jogar na Xbox One regular ou na sua irmã mais poderosa, a Xbox One X.

Seguindo para o lançamento da tua personagem em direcção ao único mapa do jogo (o segundo mapa do PC está a caminho), a performance continua a ser um problema, onde irás detectar imensos solavancos - segue-se uma quebra para os 15-20 fps à medida que o avião te transporta por cima da arena. No que diz respeito a primeiras impressões, a do PUBG é praticamente intragável - pouca qualidade visual, vários pop-ins e uma desilusão de performance. Poderás também sentir input lag - não sabemos ainda se ele é proveniente dos sticks analógicos ou das oscilações do framerate, (estamos a tratar disso) mas, neste campo, a situação é semelhante tanto estejas a jogar na Xbox normal como na X.

A situação melhora nas partes posteriores do jogo? Bem, os 30fps são possíveis e existem áreas no mapa onde poderás ter uma experiência agradável. Contudo, existe muito pouca consistência de uma forma geral. Uma jornada extensa ao longo da paisagem com um jeep pode correr de forma bastante suave, com uns perfeitos 30fps. Contudo, entrar numa casa, levantar a tampa de uma sanita ou trocas de fogo com outro jogador irão resultar numa quebra para os 20fps por alguma razão que não conseguimos ainda discernir.

Jogámos PUBG na Xbox One e na X no mesmo jogo multiplayer, permitindo-nos medir a performance em ambas as consolas da forma mais semelhante possível.

PUBG é efectivamente melhor na Xbox One X e, apesar de não termos tido tempo para comparações mais profundas, as melhorias são substanciais. Primeiro,a resolução nativa salta de 1080p para 4K completos. Em segundo, os detalhes das texturas são bem mais trabalhados - continua longe dos parâmetros estabelecidos por outro títulos de consola mas é uma diferença massiva quando comparado com aquilo que os utilizadores da Xbox normal terão de jogar. Adicionalmente, a distância de horizonte da folhagem tem também um grande, grande aumento na consola 4K da Microsoft.

No geral, a performance é melhor e quando as duas consolas descem para baixo dos 30fps, notámos uma diferença de entre 5 a 10 frames por segundo em cenas exactamente iguais. Novamente, não existe consistência na performance do jogo: numa área que testámos, aliás, a Xbox normal mostrou uma pequena vantagem em relação à X. Independentemente da consola, cenas com muita folhagem são a variável que causa automaticamente sérios problemas no jogo, se bem que com graus de severidade diferentes.

É muito difícil medir a performance de um jogo tão dinâmico na sua génese como PUBG, mesmo que revisites a mesma área e faças as mesmas coisas. Sendo um jogo que pode albergar mais de 99 jogadores, existe claramente muito a acontecer nos bastidores que pode influenciar a performance e podemos apostar que PUBG pode estar ligado à GPU ou CPU a qualquer momento. Para obtermos resultados precisos de cenários exactamente iguais na consola base e X, criámos um pequeno grupo e jogámos juntos no mesmo servidor. Num jogo de 22 minutos, notamos uma média de 25.6 fps na consola base e 27.6 fps na sua irmã 4K mais poderosa.

As médias dos framerates são apenas úteis nos jogos de consola, limitados por um máximo de 30fps, mas os números que obtivemos de uma amostra de 78,000 frames mostram que irás passar muito tempo a jogar no framerate alvo. É justo dizer que, apesar da natureza Early Access do jogo, estávamos à espera de mais. A Microsoft revelou que o Advanced Technology Group esteve envolvida no port e estes indivíduos tratam-se de mestres da sua arte - trabalham com os produtores para tirarem o máximo partido do hardware da Xbox. Foi dito também que a equipa por trás de Gears of War, The Coalition, fez também parte do processo e, segundo a nossa opinião, o trabalho que fizeram em Gears of War 4 consiste num dos melhores usos do Unreal Engine 4 em qualquer consola - e o PUBG corre no mesmo motor. [ACTUALIZAÇÃO: Para clarificar, as equipas da Microsoft suportaram a PUBG Corporation, oferecendo assistência, enquanto que The Coalition ajudou na optimização dos controlos.]

Claro está, o jogo não é também uma pérola de optimização ou estabilidade na sua versão PC. Por isso, se estás ciente do jogo e das suas limitações actuais, provavelmente podes tolerar a sua acção pouco polida. Certamente, para além de todos estes problemas, irás divertir-te imenso a jogar PUBG - da mesma forma que em Ark Survival Evolved, o conceito entranha-se mesmo perante todas as suas falhas técnicas. Mas com a Microsoft directamente envolvida e com a qualidade dos talentos empregados no jogo, estávamos à espera de mais. Um framerate consistente seria o suficiente para transformar a qualidade da experiência. Iremos actualizar este artigo à medida que o jogo evolui mas, por enquanto, considerámos muita precaução antes da compra do jogo - e se queres um gosto de Battle Royale sem os problemas técnicos, Fortnite da Epic Games é uma boa opção.

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Mais artigos pelo Richard Leadbetter

Comentários (111)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Battlegrounds - como jogar em primeira pessoa no PUBG

Como desbloqueares a nova perspectiva.

Battlegrounds - melhores localizações de spawn, localizações de viaturas e localizações de barcos em PUBG

Tudo o que precisas de saber sobre o mapa de PlayerUnknown's Battlegrounds.

Battlegrounds - 74 dicas e truques para dominares PUBG

Dezenas de dicas e truques pouco conhecidos para ganhares aquele Chicken Dinner.