GT Sport na PS4 Pro: 4K impressiona mas e o suporte 1080p?

Funcionalidades de Gran Turismo na Pro comparadas com a PS4 normal.

Três anos depois da actual geração de consolas começar, a lendária Polyphony Digital está quase pronta para entregar o seu primeiro jogo PlayStation 4 - Gran Turismo Sport. Depois de jogarmos a beta, temos todo o gosto em apresentar um grande salto na fidelidade sobre os visuais e áudio da série na PS3: existe uma melhoria radical em termos de materiais, detalhes, qualidade da iluminação e acústicas do motor. Teremos mais sobre isto no futuro mas a beta deu-nos uma oportunidade para ver como a Polyphony está a tirar proveito do poder adicional da PlayStation 4 Pro.

Kazunori Yamauchi, criador da série, deu-nos os destaques do suporte da Pro em Março, revelando especificações impressionantes para quem joga num ecrã 4K: a resolução será de 1800p, via checkerboard. A gama de cor bt.2020 é usada juntamente com renderização HDR, Yamauchi disse que isto permite pela primeira vez que o vermelho Ferrari seja representado correctamente num videojogo.

O suporte HDR de GT Sport também é exemplar - suporta ecrãs que operam até 10,000 nits, assegurando que a renderização HDR está preparada para o futuro, onde teremos TVs com melhor HDR. A beta de GT Sport permite ajustar livremente a luminosidade HDR de acordo com o teu ecrã, e mesmo ecrãs HDR de média gama conseguem um efeito impressionante.

As nossas contagens confirma a resolução 1800p e o efeito de conversão via checkerboard. Não tens o mapeamento cristalino 1:1 de 4K nativa, mas como o vídeo nesta página demonstra, o efeito geral é excelente e certamente uma grande melhoria sobre o modo 1080p base. É outro exemplo de como técnicas inteligentes permitem à GPU da Pro ir além das suas capacidades, e é bom ver um suporte decente para ecrãs 4K, onde muitos jogos Pro ficam-se por 1440p - se existir sequer suporte (Prey e Shadow Warrior 2 são dois jogos recentes sem qualquer suporte para a Pro).

O que oferece a beta de Gran Turismo Sport para quem joga na PS4 Pro com um ecrã 1080p? Vê o jogo a correr aqui.

O que Yamauchi não partilhou foi como Gran Turismo Sport suporta a PS4 Pro para quem joga num ecrã 1080p - aqui temos boas e más notícias. Primeiro a negativa. A Polyphony Digital junta-se ao leque de programadores que decidiram não apoiar downsampling 4K para utilizadores 1080p. Na verdade, ao comparar os visuais da beta na PS4 base e na Pro, não encontramos quaisquer melhorias visuais entre as duas. É uma desilusão pois a nível técnico, não existe qualquer razão para isto não ser implementado.

Isto é comprovado muito cedo. Se tens um ecrã ultra HD, podes iniciar o jogo com o sinal 4K activo, depois voltar ao menu, escolher 1080p e o gameplay continua normalmente com super-sampling do sistema activada. No entanto, se estiveres num ecrã 1080p, não há forma de aceder ao sinal 4K sequer - a não ser que compres um conversor 4K caríssimo como o HDLinker da HDFury. É por isso que os programadores devem começar a fornecer uma opção in-game, ou pelo menos uma opção para escolher qual a implementação Pro ao iniciar o jogo.

Mas isso não significa que os jogadores 1080p ficam sem melhorias, o que nos apresenta as boas notícias. Apesar do sinal 1080p de GT Sport na Pro ser idêntico ao da PS4 base, o poder extra é usado - a Polyphony usa esse aumento de 2.3x no poder da GPU para melhorar a performance. Em testes lado a lado, descobrimos que a versão Pro aguentou-se sólida nos 60fps, enquanto na PS4 normal pode descer para meios 40s em cenas mais exigentes. É uma boa melhoria - fotogramas perdidos significa a perda na resposta dos comandos e indesejada trepidação visual. Baseado no que jogámos da beta (apenas uma amostra do conteúdo completo), jogar na Pro mantém-te a 60fps com apenas quedas menores, basicamente imperceptíveis.

As melhorias vão além do gameplay. Desde que a série passou para a PS3, a Polyphony optou por repetições a 30fps, cortando para metade o rácio de fotogramas para apresentar efeitos adicionais e empregar modelos de maior detalhe. Isto ainda continua para quem joga na Pro a 4K ou na PS4 base a 1080p. No entanto, se jogares na Pro a 1080p, o rácio de fotogramas é desbloqueado e tens todo o pacote de melhorias nas repetições juntamente com 60Hz. O rácio de fotogramas desce apenas quando estão muitos carros no ecrã ao mesmo tempo. O perfil de performance nestas repetições desbloqueadas é similar ao do gameplay na PS4 base.

Queres ver o modo 4K de Gran Turismo Sport? Os apoiantes do Digital Foundry Patreon conseguem uma cópia cristalina

O regresso das repetições a 60fps é bem-vinda, tal como a capacidade para ultrapassar a maioria dos problemas de performance encontrados na PS4 base - mas esperávamos que a Polyphony utilizasse o poder de uma consola de nova geração para obter 1080p60 fixos como temos na série Forza MotorSport, mesmo na PS4 normal. Pelo menos a opção para chegar lá - tirando um ou dois fotogramas perdidos - existe com a Pro, e tem os seus benefícios no gameplay.

No entanto ficamos a pensar sobre o porquê da Polyphony assumir automaticamente que os donos de uma Pro com ecrãs 4K não querem acesso à opção de melhor performance. Jogadores com ecrãs 4K são forçados a mudar no menu da consola a resolução para 1080p, iniciar o jogo e depois voltar ao menu para colocar novamente a resolução em 4K (não fazer isso pode colocar latência adicional no ecrã pois executa toda a tarefa da conversão). Baseado na beta, esta é a única forma de obter acesso ao modo de performance se não tiveres um ecrã full HD. Novamente, uma simples opção resolveria isto por completo.

Dito isto, apesar do modo 4K perder fotogramas, é na mesma uma melhoria sobre a performance dos jogos Gran Turismo da anterior geração - está longe de perfeito mas é na mesma impressionante tendo em conta o conteúdo que tivemos acesso, e o tempo limitado para testar (curiosamente, as corridas multijogador na beta apenas estão disponíveis a certas horas do dia). Com esse perfil de performance decente em mente, bloquear por completo a opção de 1080p super-sampling para quem não tem ecrãs 4K é uma desilusão. O porquê dos programadores persistirem em bloquear modos específicos para ecrãs específicos quando o feedback dos jogadores é claro continua a surpreender. Esperamos que a decisão da Microsoft para suportar todos os modos de imagem em todos os ecrãs na Project Scorpio traga uma mudança positiva para quem joga na PS4 Pro.

No geral, baseado no que jogámos da beta de Gran Turismo Sport, os jogadores Pro foram bem tratados no geral, com dois perfis de jogo diferentes que fornecem uma experiência melhorada, comparado com o que temos na PS4 base. Existe alguma controvérsia quanto à abordagem geral da Polyphony - que a estética visual talvez não esteja demasiado afastada de Gran Turismo 6. Teremos mais sobre isto no futuro mas de momento, depois de revisitar GT6, estamos confiantes para dizer que um significativo conjunto de grandes melhorias contribuem para fornecer um notável salto entre gerações. O que jogamos na beta impressionou e estamos ansiosos pela chegada do jogo final.

Publicidade

Salta para os comentários (33)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

The Game Awards 2019 - Eis os nomeados

Já escolheste os vencedores?

Nintendo Black Friday - Promoções digitais arrancam a 22 de Novembro

Zelda: Breath of the Wild, Super Mario Odyssey, Dragon Ball FighterZ e mais.

The Lord Of the Rings Season 2 confirmada

Mesmo antes da estreia da primeira.

Também no site...

Comentários (33)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários