Amostra de Uncharted 2 na PS4 deixou-nos esfomeados

Primeiras impressões do Digital Foundry sobre o trabalho do Bluepoint Games na Nathan Drake Collection.

Apesar de existirem preocupações legítimas quanto ao número de remasters nas actuais consolas, ainda temos tempo para os esforços da Sony em trazer para a PlayStation 4 os melhores jogos da PlayStation 3. The Last of Us Remastered funcionou lindamente, a apresentação 1080p60 de God of War 3 é excelente e pelo que vimos da Uncharted Nathan Drake Collection também promete muito. Agora, para nós, tudo que falta é um Killzone 2/3.

Olharemos para God of War 3 Remastered em breve mas entretanto, estamos focados na Nathan Drake Collection e naquele clip gameplay de 1080p60. A Sony enviou-nos o vídeo e cinco imagens, estranhamente renderizadas a 4K - não representam gameplay em tempo real mas são úteis de outras formas. Mesmo em ultra-HD, o detalhe das texturas parece aguentar-se, apesar da geometria e iluminação serem da anterior geração.

Mas é o vídeo que nos entusiasma. Pode ter menos de 4 minutos mas parece confirmar que o Bluepoint Games vai entregar um remaster ao par da excelente versão PS4 de The Last of Us. A cena está cortada em duas secções, indicativa da tradicional mistura de gameplay Uncharted - vemos uma secção inicial a pé, onde o rácio de fotogramas raramente sai dos 60fps, seguida de uma sequência com mais acção, completa com intenso tiroteio e as set-pieces características - algo mais desafiante para o motor.

Discutimos já o desafio de converter os jogos da PS3 para a PS4, olhando para a experiência do Naughty Dog ao converter The Last of Us. Uma conversão directa não iria funcionar: a maioria dos motores de jogo funciona de forma linear - a CPU simula a cena, depois prepara as instruções para a GPU, que depois renderiza a cena antes de a enviar por HDMI. O Naughty Dog não chegaria aos 60fps assim, teve que dividir todo o processo - a CPU produz a lista de comandos GPU para o actual fotograma e ao mesmo tempo trabalha na simulação de jogo para o próximo, maximizando as forças do processamento em paralelo da CPU de oito-núcleos da PS4.

Quatro minutos em Uncharted 2 que demonstram como se porta na PS4, acção perfeita a 60fps e apenas ligeiras quedas no rácio de fotogramas no pico da acção. É trabalho em progresso por isso pode melhorar.

Tendo em conta que os jogos Uncharted são construídos com o mesmo motor tão problemático de converter directamente para a PS4, acreditamos que o Bluepoint está a seguir os mesmos princípios, aprendendo com o Naughty Dog. Certamente, baseado na performance que vemos no clip, existem pontos comuns na forma como The Last of Us Remastered se apresenta. Na segunda metade do vídeo, existem quedas no rácio de fotogramas - parece que o trabalho avançado de físicas e luxuosa utilização de texturas alpha transparentes causam problemas.

Apenas temos uma pequena porção de gameplay mas existe a sensação que as quedas no rácio de fotogramas não são tão severas quanto em TLOU - talvez porque estes jogos são mais antigos e não bombeiam alpha no mesmo nível que o último jogo do Naughty Dog na PS3. Agora se isto é indicativo da performance em toda a collection, acreditamos que serão as set-pieces mais arrojadas de Uncharted 3 que vão dar mais trabalho ao motor na PS4. No entanto, Uncharted: Drake's Fortune pode ser muito sólido - é menos ambicioso em termos tecnológicos e grande parte dos efeitos no original não usavam alpha sequer para poupar na preciosa largura de banda da GPU.

A primeira amostra da Nathan Drake Collection faz o que é pretendido: demonstra que os velhos jogos PS3 ainda têm muito para oferecer na PS4 e realça que a decisão da Sony em escolher o Bluepoint foi acertada - este enorme projecto está claramente em boas mãos. No entanto, mais importante de tudo, este pequeno vídeo reavivou memórias de grandes momentos na anterior geração, experiências que queremos revisitar a 1080p60. A este respeito, o vídeo tão frustrante quanto entusiasmante - ficamos esfomeados por mais .

Também estamos mais fascinados pela forma como o Bluepoint abordou este projecto - temos tantas questões sem resposta - até que ponto os bens estão melhorados em cada jogo (Uncharted 3 já tinha arte fenomenal), o aspecto das melhorias na iluminação - mas talvez mais importante - até que ponto foi melhorado o original. Assim que revelarem mais iremos regressar.

Salta para os comentários (34)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

Marvel's Spider-Man: Miles Morales terá versões PS4 e PS5

Vê o novo gameplay espectacular de 7 minutos.

The Invincible é um novo jogo sci-fi para PC, PS5 e Xbox Series

Produzido por ex-produtores de The Witcher 3 e Cyberpunk 2077.

Nova Nintendo Direct Mini agendada para amanhã

Será dedicada a parceiros da Nintendo.

Também no site...

Comentários (34)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários