Resolução cresce em Call of Duty: Advanced Warfare na Xbox One

Análise ao trailer sugere algo abaixo de 1080p mas ainda assim muito superior a Ghosts.

O trailer de revelação do primeiro Call of Duty a solo feito pelo Sledgehammer Games seja uma afirmação tecnológica. O recente trailer - apresentado após uma fuga inesperada - é só gameplay, capturado da versão Xbox One. Isto pode ser surpreendente tendo em conta que o COD do ano passado esteve no centro do debate Resolutiongate, corria a 720p na nova consola Microsoft, comparado com nativa 1080p na versão PS4.

O que parece ser claro ao ver inicialmente o novo trailer é que o nível geral de detalhe parece altamente superior ao de Ghosts. Mesmo tendo em conta o nível de compressão do vídeo, 720p convertida apresentaria muito mais artefatos visuais do que aqueles que vemos aqui. A questão é até que ponto conseguiu o Sledgehammer extrair mais performance da consola Microsoft - a nossa impressão geral baseada na apresentação geral sugeriu algo perto de 900p.

No entanto, a procura por métricas mais precisas envolve a contagem de pixeis - onde imagens específicas foram extraídas do vídeo, arestas longas identificadas e o número de pixeis gerados é comparado com o sinal 1080p em bruto. Encontrar essas arestas é a chave - algo que é muito mais fácil de fazer quando estás a jogar o jogo tu mesmo, e com acesso a capturas sem qualquer compressão. Migrando esse processo para um trailer Youtube com alta compressão acabou por ser uma tarefa sem muito mérito, mas felizmente o surgir de uma versão com muito mais qualidade no Gamersyde (completa com vozes em Francês) dá-nos algo com o qual podemos trabalhar.

Uma cutscene com Kevin Spacey perto do final dá-nos a nossa longa aresta vertical - usada para descobrir a resolução horizontal. Aqui temos um rácio de 49/60 - dando-nos uma medida provisória de 1568 pixeis gerados dentro da amostra 1920-largura. Presumindo que a conversão é a mesma nas direções x e y, isto dá-nos 882 pixeis na vertical - infelizmente mesmo o trailer com maior qualidade não nos dá longas arestas horizontais suficientes para trabalharmos e produzir um resultado definitivo, num mundo ideal teríamos imagens mais viáveis para análise a ambos os eixos.

Iremos atualizar caso seja lançada mais media mas por agora apontamos algo perto de 1568x882. O jogo dá a impressão de um título 900p com anti-aliasing pós-processamento mas o framebuffer parece ser ligeiramente inferior a isso, representando um aumento de 50% na resolução geral comparado a Ghosts mas apenas 67% da densidade de pixeis de uma apresentação a 1080p. Tendo em conta que as otimizações XO tendem a passar para a PS4 com a sua GPU maior e RAM completamente unificada, uma resolução nativa a 1080p para essa versão do jogo não está fora de questão. No entanto, devemos relembrar que Advanced Warfare ainda está em desenvolvimento e podemos ver mudanças substanciais antes do lançamento - apesar de para um jogo como COD onde 60fps sustentados é tão importante, esperamos que os rácios de fotogramas sólidos tenham a prioridade sobre aumentos na resolução.

"O aumento na resolução parece bem trivial comparado com a forte melhoria que vemos em muita da tecnologia no novo trailer."

1
2
Avaliar a resolução nativa resume-se a encontrar arestas longas e comparar o número de pixeis gerado com o sinal em fundo (neste caso, 1080p). Eis um par de imagens que extraímos do trailer de maior qualidade para análise. Usando este método, temos um rácio de 49/60, sugerindo algo perto de 1568x882 na Xbox One.

Claro, a performance não está relacionada apenas com a contagem de pixeis. Baseado no nosso primeiro olhar ao trailer, o que realmente chama a atenção é o nível adicional de detalhe e trabalho de efeitos comparado com Ghosts. Tendo em conta o alvo de 60fps - um elemento chave na proposta COD - o que é agradável é ver que a qualidade dos efeitos, tais como motion blur, também parece impressionante, enquanto a iluminação parece estar num outro nível quando comparada com o jogo anterior.

Mesmo tendo em conta as imagens selecionadas e edição rápida, o trailer sugere um salto significante sobre anteriores CODs de uma perspetiva tecnológica. AW é o primeiro jogo no qual vemos a Activision passar para uma rotação de desenvolvimento com três estúdios, três anos, e a impressão deixada pelo trailer é que a decisão recompensou. Acima disso, o que vemos aqui sugere uma rápida aceleração na qualidade dos resultados que os programadores conseguiram extrair de uma nova consola - algo que deve tornar-se mais evidente consoante os jogos da recta final do ano forem gradualmente revelados.

Em conversa com o Digital Foundry na recente entrevista sobre a tecnologia de Trials Fusion, ebastian Aaltonen, programador gráfico principal no RedLynx, colocou isto em perspetiva, revelando que "os jogos de lançamento nunca mostra o verdadeiro potencial a longo prazo das consolas. 60fps fixos é um alvo muito difícil para qualquer jogo de lançamento. Os programadores tendem a começar a programação nos seus motores de nova geração antes de terem acesso ao equipamento final. Foram dados muitos palpites e acertar em todos não é fácil."

A nossa esperança é que o Sledgehammer reconheça que um elemento principal no apelo de COD é mesmo o rácio de fotogramas a 60fps - algo que foi comprometido de várias formas em Ghosts para a XO, PS4 e até PC. Atualmente estamos em território sem dono no que diz respeito a informação mais concreta - o trailer de revelação escapou sem contexto e temos pouca ideia da visão por detrás do jogo ou o que os programadores querem alcançar em termos tecnológicos. Vamos esperar por mais detalhes do Sledgehammer.

"Existe um vazio em termos de contexto em redor do trailer que esperamos que seja corrigido quando o jogo foi completamente revelado."

Salta para os comentários (30)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry  |  digitalfoundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (30)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários