Confronto de nova geração: Rayman Legends

Xbox One, PlayStation 4 - ou Wii U?

Apresentando lindos visuais 2D e gameplay imaginativa, Rayman Legends destaca-se como um dos melhores jogos do ano passado, provando que o humilde jogo de plataformas em 2D ainda tem muito para oferecer no meio do mar de shooters na primeira pessoa de grande escala e jogos de ação em mundo aberto. Também é um dos poucos jogos a oferecer visuais em nativa 1080p em suaves 60fps - feito impressionante raramente visto numa era em que conseguir pixeis mais bonitos no ecrã ainda é considerado mais importante que procure altos rácios de fotogramas.

É um pouco curiosa a decisão da Ubisoft em converter Rayman Legends para a PS4 e Xbox One, tendo em conta que o jogo já oferece nos sistemas de anterior geração uma experiência sólida a 1080p - a arte existente parece adequadamente nítida, não há muito que deixe a sugestão de melhorias gráficas. Ao invés disso, a decisão de levar o jogo para as novas consolas parece estar no maximizar da potencial audiência e nos lucros, em oposto a oferecer um dramático salto em frente na qualidade visual. Dito isto, a Ubisoft promete alguns refinamentos nas versões de nova geração, incluindo tempos de carregamento mais curtos e o uso texturas não comprimidas nos modelos 3D. Existem mudanças que valem a compra, e terá sido feito algo para tirar proveito das funcionalidades únicas do painel tátil no Dualshock 4 da PS4 ou das capacidades do Kinect para ler movimentos e áudio na XO?

As primeiras impressões revelam que o esquema básico de renderização não parece ter alterado comparado com as versões de anterior geração, Rayman Legends adopta um framebuffer a nativa 1080p na PS4 e XO sem qualquer anti-aliasing nos elementos 3D. Apesar da falta de suavização de arestas transparecer como uma oportunidade perdida considerando a largura de banda extra para a renderização e RAM disponível comparado com a PS3, 360 e Wii U, os jaggies nunca são um problema devido à forma como a arte predominantemente em sprites é apresentada juntamente com vários efeitos - tais como campo de profundidade e brilho.

Rayman Legends na XO e PS4. Vê ecrã completo e resolução 1080p para a melhor experiência possível.

Comparações alternativas:

"Não há muito que as consolas de nova geração possam fazer para melhorar a renderização 2D, portanto o resultado é um jogo que é na maioria idêntico às existentes versões de Rayman Legends."

No resto não existem sinais óbvios de quaisquer melhorias adicionais ao já excelente trabalho de efeitos, elementos tais como o uso da iluminação, partículas, e campo de profundidade são iguais em todas as plataformas. Curiosamente, o uso de texturas não comprimidas nos modelos 3D não consegue destacar-se nas versões PS4 e XO: a arte principal é igualmente nítida em todas as versões, apesar de cenas com mais claridade as arestas de algum detalhe em texturas parecem um pouco mais nítidas na PS4 e XO.

Ao invés disso, o esquema variável de gama e contraste entre plataformas tem um efeito mais perceptível na quantidade de nitidez e detalhe visível em qualquer cena, a 360 esmaga subtilmente os detalhes mais escuros no ecrã. A diferença nos tamanhos de instalação entre as duas plataformas também é interessante (4.3GB na XO e 9GB na PS4) e não evitamos pensar se a versão XO tem os bens não comprimidos sequer. Independentemente, seja qual for a explicação, as diferenças visuais entre todas as versões que testamos são mínimas ou não existente.

Todas as versões do jogo estão muito aproximadas em termos dos visuais, mas os tempos de carregamento não estão dramaticamente melhorados sobre a geração anterior e PC, sendo virtualmente inexistentes na PS4 e XO. Como resultado, os ecrãs de carregamento interativos presentes nas outras versões foram removidos por completo e a distinta falta de quaisquer quebras ao,passar entre o mundo central para níveis individuais entrega uma experiência mais fluída domar antes sem quaisquer distrações momentâneas da gameplay central.

Xbox OnePlayStation 4Wii U
A arte linda é na maioria idêntica em todas as versões, apesar do uso de texturas não comprimidas nas versões PS4 e XO. Os detalhes na pele do dragão parece ligeiramente mais nítida nas novas consolas, mas a diferença é extremamente subtil e apenas notada ao escrutinar imagens paradas.
Xbox OnePlayStation 4Wii U
As versões PS4 e XO de Rayman Legends partilham o mesmo esquema com framebuffer em nativa 1080p sem qualquer anti-aliasing como nas versões de atual geração e PC, resultando numa qualidade de imagem similarmente nítida.
Xbox OnePlayStation 4Wii U
A falta de AA nos elementos 3D nunca é problema. A mistura de sprites 2D prístinos e elementos poligonais nítidos tem uma aparência suave e muito limpa devido à arte estilizada e do uso de vários efeitos.
Xbox OnePlayStation 4Wii UXbox 360
O esquema gama em Rayman Legends varja entre plataformas. Os detalhes escuros surgem ligeiramente esmagados na 360, enquanto elementos mais claros surgem ligeiramente mais suaves nas outras consolas e PC.

Em termos de performance Rayman Legends corre sólido a 60fps sem perder um único fotograma, mesmo nas batalhas contra bosses e segmentos de jogo mais caóticos, onde o motor bombeia um leque de sprites animados, efeitos, e elementos 3D no ecrã. A combinação de bela arte desenhada à mão e animação fluída é simplesmente linda de ver, enquanto a resposta sólida do comando sente-se firme e perfeitamente adequada para lidar com níveis rápidos onde um toque errado no d-pad frequentemente leva a uma morte prematura.

Ambos os comandos de nova geração lidam bem com a ação, o d-pad da XO nunca falha em momentos tensos de jogo. O DS4 também funciona bem, se não melhor, tendo em conta o melhor posicionamento do d-pad para jogos 2D e o que consideraríamos uma sensação mais confortável do comando em geral.

Ao contrário da versão Wii U - onde largas porções do jogo estão feitas em torno do ecrã tátil do GamePad e giroscópio - funcionalidades únicas no DS4 da PS4 são mínimas - nesta caso usar o painel tátil está limitado a escolher a câmara. Isto permite-te pausar o jogo, aproximar e movimentar pela arte excepcional, e depois partilhar a imagem com os amigos. A XO não tem um modo equivalente, e nem sequer suporte Kinect.

Além disso, o conjunto de bónus específicos de consolas chega na forma de skins únicas para personagens. Na XO temos fatos baseados em Splinter Cell e Far Cry 3 (Splinter Ray, Ray Vaas, e Globox Vaas), enquanto na PS4 temos Assassin Ray, uma paródia à série Assassin's Creed. Existe também o novo personagem Funky Ray, disponível para comprar nas duas consolas ao usar pontos Uplay.

"Rayman Legends nas novas consolas iguala o sinal de 1080p60 das existentes versões Xbox 360, PS3 e Wii U."

Sem surpresas aqui. Rayman Legends na PS4 apresenta exatamente o mesmo tipo de ação fixa a 60fps como todas as outras versões do jogo que testamos.

Comparações Alternativas:

Rayman Legends: veredito Digital Foundry

Fora alguns novos personagens e o uso limitado do painel tátil no DualShock da PS4, não existe verdadeira razão para passar para as versões XO e PS4 de Rayman Legends se já o tens noutro formato. Melhorias visuais são praticamente inexistentes e a experiência é basicamente a mesma que a das existentes versões PS3, Xbox 360 e PC. Até o áudio continua em estéreo - tal como nas outras versões que testamos. No entanto, se ainda não o jogaste as versões PS4 e XO oferecem nova oportunidade para jogar um dos melhores jogos de 2013..

Tudo isto nos leva para uma interessante conclusão. Apesar do enorme salto de poder que as novas consolas representam, na nossa opinião é a versão Wii U que permanece como a versão definitiva, o jogo tira partido das funcionalidades únicas do GamePad de uma forma que genuinamente adiciona variedade e diversão à gameplay. Sem esquecer que apesar de ser convertido para vários formatos diferentes, o jogo começou como exclusivo Wii U, construído em redor das capacidades únicas do sistema. É verdade, é a consola Nintendo que oferece a experiência que os criadores pretendiam originalmente para o jogo, antes da mudança de última hora para lançamento multi-plataformas.

Entretanto, as outras versões oferecem cada uma experiência igualmente soberba para os que não gostam das funcionalidades do comando na Wii U. As versões PS4 e XO servem uma pequena fatia de conteúdo extra na forma de novos personagens e de um salto quase imperceptível na claridade das texturas em algumas cenas, mas estas adições não justificam o preço premium sobre as versões anteriores que estão com grandes descontos. Atualmente, Rayman Legends está disponível online por cerca de €20 nas consolas de anterior geração e PC, enquanto as versões PS4 e XO saem a preço premium sem oferecer muito em termos de extras que valem a pena.

Publicidade

Conteúdos relacionados

007 será uma mulher no próximo filme

Mas Daniel Craig mantém o papel de James Bond.

The King's Man ganha primeiro trailer

Uma prequela que vai explicar a origem da Kingsman.

Também no site...

Comentários (21)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários