A Microsoft corrigiu o conversor de resolução da Xbox One?

O Digital Foundry fala sobre como a nova atualização melhora a qualidade de imagem sub-1080p.

A Microsoft não facilitou as coisas a si mesma. Para uma consola com tantos jogos sub-1080p, a qualidade do seu conversor de resolução interno teve resultados altamente insatisfatórios, com qualidade de imagem mais pobre do que esperado em muitos exclusivos de destaque e jogos multi-plataformas. A boa notícia é que a mais recente atualização de sistema na Xbox One, seguida logo após a beta de Tianfall, mostrou a Microsoft a tomar passos positivos para solucionar o problema.

Mas primeiro, o que correu mal com o conversor antes da atualização? Bem, mais conhecido, a qualidade de imagem foi comprometida por um filtro de nitidez muito mal pensado que na verdade realçava as arestas recortadas, enquanto uma distinta alteração gamma também era visível em vários jogos, fazendo com que altos contrastes não naturais não complementassem as arestas e artefactos de conversão de resolução melhorados artificialmente. Ao invés de fazer com que jogos como Call of Duty: Ghosts e Assassin's Creed 4 estivessem à altura dos equivalentes PS4 a correr a nativa 1080p, o conversor fazia com que tivessem um aspeto muito pior.

Até à chegada da nova atualização, a única forma de contornar o filtro de nitidez em jogos a nativa 720p era ao mudar manualmente a consola para igualar a resolução do jogo, deixando que a tua TV ou monitor executasse a conversão de resolução. No entanto, esta constante troca entre modos de apresentação era obviamente uma trabalheira e a maioria das pessoas nem queriam saber. Não resolvia o problema de qualquer das formas: apesar de jogos como Dead Rising 3, Killer Instinct e Call of Duty surgirem mais suaves e mais naturais desta forma do que ao usar o conversor, forçar 720p não parecia desativar por completo o indesejado filtro. Um olhar mais atento às arestas a nível de pixeis mostrava que o efeito de nitidez (auréolas em redor de objetos) estava na mesma presente, operando apenas com uma intensidade muito menor. Mais ainda, a técnica simplesmente não funcionava em jogos que corriam em resoluções acima de 720p e abaixo de 1080p, tais como (1600x900) e até a preciosa beta de Titanfall (1408x792).

Portanto, quanta diferença faz a nova atualização? Desapareceu o efeito de nitidez, e quais as mudanças, se existem, que foram feitas ao algoritmo de conversão e existente esquema gama? Na corrida para o lançamento da XO, a Microsoft prometeu-nos uma solução de conversão de resolução de qualidade, portanto ficamos a pensar se esta atualização cumpre finalmente...

Launch Scaler Updated Scaler
Após a atualização é claro que as feias auréolas causadas pelo filtro de nitidez desapareceram. Um olhar mais atento à estrutura de pixeis revela que os únicos artefactos no ecrã são aqueles que são causados pela alteração do tamanho da imagem de 900p para 1080p. Como tal, as arestas de folhagem e objetos com detalhe delicado parecem agora mais suaves e definidos do que antes.
Launch Scaler Updated Scaler
Após a atualização é claro que as feias auréolas causadas pelo filtro de nitidez desapareceram. Um olhar mais atento à estrutura de pixeis revela que os únicos artefactos no ecrã são aqueles que são causados pela alteração do tamanho da imagem de 900p para 1080p. Como tal, as arestas de folhagem e objetos com detalhe delicado parecem agora mais suaves e definidos do que antes.
Launch Scaler Updated Scaler 720p with Simulated HDTV Upscale
O novo método de manualmente forçar 720 e permitir que a TV convertesse a resolução melhorava imenso as coisas, mesmo antes da atualização, reduzindo de forma dramática o efeito de nitidez em redor de arestas. No entanto, a atualização remove estes artefactos nas arestas de forma mais clara, negando a necessidade de usar as capacidades superiores de conversão da tua HDTV.
Launch Scaler Updated Scaler
A remoção do filtro de nitidez retira algum do aspeto brusco e altamente processado a Call of Duty: Ghosts. No entanto, a conversão de resolução pobre usada pelo jogo em si significa que os jaggies e outros artefatos são ainda mais visíveis do que gostaríamos - algo que esta atualização não consegue melhorar.

Primeiro, AC4 a 1600x900 melhorou definitivamente - o efeito de nitidez desapareceu, removendo as auréolas em redor de detalhes. O que temos agora é uma imagem muito similar à da versão de lançamento PS4 antes da sua atualização 1080p. O remover do efeito de nitidez também é evidente em jogos a correr a nativa 720p, resultando numa melhoria similar na qualidade geral da imagem. Tal como em AC4, existe menos aspereza no detalhe delicado nos jogos que anteriormente eram afetados pelo destrutivo efeito de nitidez. A melhoria realmente ganha destaque em Killer Instinct, os personagens e cenários estão agora livres do aspeto processado que anteriormente caracterizava a arte.

Dito isto, nem todos os jogos beneficiam da mesma maneira. Em particular, a conversão de resolução de pobre qualidade em COD: Ghosts ainda dá aos visuais uma aparência esborratada comparada com o jogo PS4 a 1080p. A sério, após rever as nossas capturas em vídeo torna-se claro que apesar do efeito de nitidez desaparecer, a qualidade da conversão executada pela XO parece não ter sido alterada. Os mesmos algoritmos ainda parecem estar a funcionar após a atualização, apenas o filtro de nitidez é que desapareceu.

A atualização também não corrige o reforço no contraste/cor que é visível nestes jogos, portanto ainda vemos uma tendência não natural nas áreas com luz e escuras, Killer Instinct e Call of Duty: Ghosts são visivelmente afetados. Parece que o filtro de nitidez e as propriedades de reforço de cor são duas entidades completamente separadas, e neste caso a Microsoft decidiu simplesmente manter intacto a sua imagem de alto contraste - pelo menos por enquanto.

Launch Scaler Updated Scaler
A qualidade da conversão permanece inalterada antes e depois da atualização, portanto ainda existe artefactos visíveis em redor de arestas e elementos sub-pixel em Titanfall, apesar de sem o filtro de nitidez estes compromissos se destacarem menos do que antes.
Launch Scaler Updated Scaler
A qualidade da conversão permanece inalterada antes e depois da atualização, portanto ainda existe artefactos visíveis em redor de arestas e elementos sub-pixel em Titanfall, apesar de sem o filtro de nitidez estes compromissos se destacarem menos do que antes.
Launch Scaler Updated Scaler
Um dos jogos a nativa 720p que beneficiam mais com a atualização, Killer Instinct apresenta agora um aspeto mais limpo do que com o anterior filtro aplicado. Detalhes delicados são resolvidos de melhor forma na arte, e as arestas em geometria parecem mais suaves.
Launch Scaler Updated Scaler
Apesar da atualização melhorar as auréolas feias em jogos sub-1080p na XO, o esquema de cor reforçado permanece presente. Isto leva ao esmagar de detalhes gerados em áreas escuras, enquanto realces iluminados ainda parecem exagerados.

Os bens nesta página devem dar-te uma ideia do que mudou e do que ficou igual. Podes ver que as auréolas fortes que surgiam anteriormente em redor de várias arestas em jogos como AC4 e Titanfall desapareceram, permitindo que o detalhe na arte suja sem dar às texturas uma aparência brusca com grainha ou apresentando tantas arestas recortadas. AC4 provavelmente demonstra melhor isto, a resolução 900p mostra menos artefactos que a 1408x792 da beta de Titanfall. onde o tamanho pouco comum do framebuffer não parece converter-se tão confortavelmente para 1080p..

É interessante notar que a maioria dos jogos a nativa 1080p - incluindo Need for Speed: Rivals, Lego Marvel Super Heroes e Tomb Raider - não têm problemas na cor sequer. Contactos em estúdios dizem-nos que o fenómeno está ligado ao uso do conversor de resolução da XO combinado com o uso de múltiplos planos de apresentação (permitindo que elementos nativos e sub-nativos se misturem no framebuffer final). Isto é reforçado pela nossa experiências em Battlefield 4. O código pré-final usava o conversor de resolução da XO e apresentava uma mudança não natural na cor, enquanto a versão de lançamento contava com a implementação de um conversor feito pelo próprio DICE que resolvia o equilíbrio de cor e removia o efeito de nitidez.

Então no geral, a atualização da Xbox One mudou as coisas para melhor, mas não esperes um aumento enorme na qualidade da imagem final. O feio filtro de nitidez foi removido para o ferro-velho da história da tecnologia, removendo uma 'funcionalidade' que realmente nem sequer deveria ter sido usada, mas apesar da resultante melhoria na qualidade de imagem ser considerável e na maioria positiva, o equilíbrio de cor ainda é um problema, e a qualidade da conversão de resolução em si ficou inalterada.

Existe espaço para melhoria, mas por enquanto, com o efeito de nitidez completamente removido, os resultados serão bons o suficiente para a maioria dos jogadores. Apesar da conversão de resolução melhorada raramente igualar um aumento palpável na resolução em bruto, a qualidade geral da imagem está um enorme passo acima do que tínhamos antes, o que é uma definitiva vitória para os donos do sistema da Microsoft.

Publicidade

Conteúdos relacionados

Remedy desmente Control no Xbox Game Pass

Diz nada ter para anunciar sobre o jogo no serviço.

The Game Awards 2019 contará com 10 anúncios inéditos

"Coisas das quais ainda não ouviste falar".

Brasileiro Rafael Grassetti desenha Kid Buu e Cell de Dragon Ball

Director de Arte em God of War continua a mostrar o seu talento

Também no site...

The Game Awards 2019 contará com 10 anúncios inéditos

"Coisas das quais ainda não ouviste falar".

Remedy desmente Control no Xbox Game Pass

Diz nada ter para anunciar sobre o jogo no serviço.

Brasileiro Rafael Grassetti desenha Kid Buu e Cell de Dragon Ball

Director de Arte em God of War continua a mostrar o seu talento

Comentários (11)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários