Microsoft revela DirectX 12 - e vai chegar à Xbox One

Forza Motorsport 5 já foi convertido - e a correr no PC.

A Microsoft respondeu ao desafio lançado pela Mantle da AMD, revelando hoje o primeiro trabalho na sua nova API DirectX 12. PCs, tablets, smartphones e Xbox One vão todos beneficiar com a nova tecnologia, que promete libertar recursos CPU oferecendo ainda aos programadores acesso de baixo nível e mais controlo sobre o equipamento gráfico. Para demonstrar a natureza multi-plataforma do DX12, Forza 5 foi apresentado a correr num PC com uma gráfica Nvidia.

Apesar do conjunto de funcionalidades do DX12 parecer basicamente uma resposta à iniciativa Mantle, a Nvidia aclama que começou as discussões com a Microsoft sobre este assunto há quatro anos, o trabalho na API começou no ano passado. A própria Nvidia providenciou a driver inicial que permitiu aos programadores conhecer a nova tecnologia. Na teoria, qualquer gráfica DX11 deve funcionar com o DX12 - a Nvidia confirmou que tudo desde a série "Fermi" 400 deve funcionar.

A demo Forza 5 foi a estrela da apresentação, desenhada para mostrar como é possível eficiência ao nível das consolas num PC. Estranhamente, segundo a Nvidia, a demo corria em equipamento Titan Black - a gráfica de um só chip mais poderosa no mercado, e possivelmente não é o melhor equipamento para demonstrar a eficiência de uma conversão vinda de consola. Segundo o Turn 10, a conversão da API DX11.x da XO para uma versão alfa do DX12 precisou de quatro homens e quatro meses para ser terminada, algumas funcionalidades da existente API de consola migraram para o PC enquanto outros elementos (obrigado ao PC Perspective pela imagem) - tais como "filamento de estado de objetos" e o "modelo de unificação de recursos" serão transportados para a XO.

Então quais são as principais vantagens? Bem, o equipamento gráfico tornou-se cada vez mais poderoso ao longo dos anos mas precisa ser conduzido pela CPU, onde o poder de um núcleo não aumentou muito e onde os processadores de vários núcleos não são usados de forma eficaz na alimentação de dados e comandos à GPU. O DX12 muda isso de uma forma que parece altamente similar ao que vimos na Mantle da AMD. Para ilustrar o reduzido fardo sobre a CPU, a Microsoft converter o teste 3D Mark para DX12, onde mostra tudo até 50% de aumento na melhoria.

"A nível básico, o DX12 parece fazer o mesmo que a Mantle da AMD - reduz a sobrecarga CPU e dá aos programadores acesso de baixo nível ao equipamento GPU."

3dmark
A Microsoft converteu o teste 3DMark para DX12, e vemos uma utilização da CPU substancialmente menor como resultado. Aqui vemos os dados DX11 no topo, DX12 no fundo. Infelizmente, não sabemos qual a CPU e GPU testados, mas se tivéssemos que adivinhar seria um quad AMD casado com a gráfica mais rápida que está disponível - as mesmas condições que mostram a Mantle no seu melhor.

Quanto ao como a vantagem DX12 se traduz para a XO ainda terá que ser visto. O nosso conhecimento da API DX11.x usada atualmente é que é essencialmente uma parente muito aproximada da versão PC, com adicionais extensões adicionadas que regula a ESRAM, Move Engines, e outro equipamento personalizado dentro da nova consola. O tempo CPU é uma comodidade preciosa na nova consola, portanto poupanças na eficiência seriam bem-vindas mas suspeitamos que é o acesso de baixo nível ao equipamento que é a chave para ter níveis maiores de performance da nova consola.

Apesar da Nvidia ter sido proeminente na revelação GDC, iluminados da AMD, Intel e Qualcomm também surgiram na apresentação da Microsoft para declarar suporte para a nova API, que é projetada para ser suportada nos principais jogos na parte final de 2015 - sim, bem mais de um ano (mas algum tipo de acesso antecipado está a ser trabalhado). Se tens um PC moderno, não deves ter problemas para correr o DX12 no teu equipamento - a única questão é se a Microsoft vai lançar suporte para Windows 7, algo que não fez para o mais recente DX11.2, que foi na sua maioria ignorado pelos programadores de jogos (excepto o DICE).

No geral parece que a Microsoft respondeu finalmente às exigências dos programadores de jogos para abordar algumas das principais preocupações com o DX11, mas com o longo tempo até a API realmente chegar, é claro que a Mantle da AMD terá tempo para reunir mais suporte, enquanto a Valve irá continuar a favorecer a OpenGL como a API gráfica de eleição. Até recentemente, o futuro do DX estava tremido - no entanto, o DX12 deve anular a relevância da Mantle pois parece fazer basicamente o mesmo. Alternativamente, se o desenvolvimento nas consolas continuar a dominar e a Mantle provar ser merecedora em outras áreas, devemos estar perante um futuro com duas API, as versões PC baseadas na Mantle derivaram de otimizações PS4, juntamente com versões DX12 desenhadas principalmente com a Xbox One em mente.

Publicidade

Salta para os comentários (24)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

Nintendo revela cenas sobre a criação do trailer de Breath of the Wild 2 para aliciar novos funcionários

"Estamos à procura do poder para criar jogos e o poder para criar arte," diz a Nintendo.

Tekken 7 - revelados novos personagens

Leroy Smith, Ganryu e Fahkumram.

Wonder Woman 1984 recebe teaser na CCXP

Amanhã teremos o trailer completo.

Também no site...

PS5 Pro nos planos da Sony

Diz que a PS4 Pro foi um teste para o futuro.

Nintendo revela cenas sobre a criação do trailer de Breath of the Wild 2 para aliciar novos funcionários

"Estamos à procura do poder para criar jogos e o poder para criar arte," diz a Nintendo.

Tekken 7 - revelados novos personagens

Leroy Smith, Ganryu e Fahkumram.

Wonder Woman 1984 recebe teaser na CCXP

Amanhã teremos o trailer completo.

Black Widow ganha poster na CCXP

Marvel estreia imagem promocional em evento Brasileiro.

Comentários (24)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários