Diablo III com conteúdos diferentes por regiões

Mudanças vão-se fazer notar na Alemanha e Austrália.

A Blizzard está atenta às rígidas medidas de controlo que são impostas aos videojogos em determinados países, pelo que decidiu que Diablo III vai oferecer conteúdos diferentes, como por exemplo retirar alguma violência ao jogo, quando chegar às lojas. Estas mudanças vão afectar principalmente países como a Austrália e Alemanha.

Em declarações ao Wired, Jay Wilson, desenhador chefe do projecto, admitiu que estão a trabalhar para oferecer conteúdos de acordo com as medidas reguladoras de cada país. "Em regiões como a Austrália e Alemanha teremos que retirar o sangue se quisermos vender naqueles países," disse ele.

O desenhador assinalou que não tem qualquer tipo de problemas com os limites impostos pelos sistemas de regulação dos videojogos desses países, e admitiu que se as mudanças necessárias não suporem um trabalho descomunal, aceitam-nas de bom grado para poder vender os seus videojogos.

O caso mais preocupante vem da China, onde World of Warcraft teve que adaptar-se para continuar a ser comercializado. "Podíamos ter muitos problemas na China, mas uma das nossas prioridades é que o jogo se comercialize nesse mercado," argumentou Wilson.

A publicação na China de World of Warcraft pela segunda vez segue o seu caminho, pois segundo reconheceu Michael Ryder da Blizzard, "Estamos a trabalhar com o governo para recebermos a sua aprovação."

Salta para os comentários (5)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (5)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários