Codificação HD em Tempo Real na PS3?

Digital Foundry submete o Cell a um teste sério.

Se existe uma coisa que está para além de qualquer dúvida, é certamente que o poder computacional natural do CPU Cell da PlayStation 3, é algo particularmente especial. A arquitectura do chip é algo único - tendo um convencional núcleo, CPU PowerPC, cercado por oito sub-processadores satélites ultra-rápidos (embora um esteja desactivado), cada um capaz de atingir números impressionantes. Cada um destes SPUs pode descodificar em simultâneo 300 ficheiros MP3 em tempo real.

Enquanto que as tarefas servem perfeitamente para as propriedades únicas de processamento dos SPUs, em teoria o chip deverá ser capaz de superar até mesmo a mais recente tecnologia de processamento Intel I7. Certamente que o programa Folding@home embebido dentro do software Life With PlayStation, está claramente superando o equivalente Folding multi-core disponível para PC (mais tarde tocarei neste assunto)

Assim, tendo em conta que a codificação de vídeo seja algo em que eu tenha gasto imenso tempo a fazer (onde cheguei ao ponto de construir uma segunda estação de trabalho i7 para os trabalhos de codificação de vídeos em HD, para que eu possa continuar a trabalhar em outras coisas), foi com algum interesse que tropecei no software h264 CodecSys CE-10. Criado como codificador h264 a nível de consumidor / produtor, ele corre no PC, mas com todos os processamentos pesados a serem realmente realizados pelo chip da tua PS3, o Cell, que está ligado ao teu computador através de um cabo LAN convencional.

Não é realmente o primeiro codificador baseado em SPU. A Leadtek tem a sua placa base SpursEngine PCI Express, que funciona muito rápido utilizando quatro SPUs, mas de acordo com esta análise, não parecem oferecer muito mais em termos de qualidade em comparação com os seus concorrentes. A questão é, pode a solução CodecSys, oferecer o aumento de velocidade que pretendemos, mas ainda assim mantendo a qualidade? E em segundo lugar, será que o pacote completo justifica os 200 dólares de preço para a edição pessoal, ou os formidáveis 2000 dólares para a edição profissional?

Bem, é bastante fácil de descobrir, pois os produtores, FixStars, oferecem o pacote completo para teste durante 14 dias, oferecendo todas as funcionalidades de ambas as versões do software. A instalação é fácil. O programa carrega para o teu PC muito rápidamente e tens que simplesmente colocar o código da PS3 numa pendrive USB flash, e mudar para "Outro Sistema Operativo" no XMB. Nem precisas de efectuar partições no disco da PS3, embora parte do pacote é baseado no Linux Yellow Dog. E com isso, estás no caminho certo.

As primeiras impressões em termos de oferta de opções, não são nada encorajadoras. Só te é permitido um perfil de codificação de bitrate médio, por isso só podes ter uma passagem - não duas, que é usual na maioria dos codificadores de vídeos. A melhor forma de codificares vídeos quando tens uma baixa largura de banda é através de um mínimo de duas passagens: a primeira é um exame geral do vídeo para ver quais as partes que precisam de mais colocação de dados, e as que não precisam. A segunda passagem, que funciona a seguir, dá a melhor qualidade de imagem de acordo com a largura de banda disponível. Um pacote profissional que apenas permite uma única passagem de codificação, torna muito difícil recomendar de imediato.

encoder1
encoder3
O codificador em acção. Todas as coisas interessantes estão no PC (à esquerda), enquanto que no ecrã da direita apenas uma imagem anónima do Linux Yellow Dog aparece na PS3, enquanto o Cell faz o seu trabalho.

Dito isto, a velocidade é a chave aqui, e não se enganem, o CodecSys CE-10 pode ser estupendamente rápido. Nos meus testes eu descobri que podia codificar a 720p em 35-40FPS, ao mesmo tempo que em 1080p a cerca de 20-24FPS. Isto não é exactamente em tempo real, mas é ainda muito, muito rápido. Mas velocidade não conta para nada no grande esquema das coisas, se a qualidade de codificação que consegues obter não é realmente boa. O codificador freeware x264 pode bombar a 1080p de forma sustentada a 24FPS, usando apenas um núcleo de um 3.0GHz Core 2 Duo, se desligares suficientes funcionalidades de codificação. Velocidade é importante, mas a questão no h264 é que a qualidade é rei.

Mas a Fixstars, produtora do CodecSys acha que a sua tecnologia é algo de especial, uma vez que este comunicado de imprensa diz: "O CodecSys utiliza uma abordagem multi-codec patenteada, onde um vídeo é analisado, sendo que o melhor codec para um determinado frame ou sequência de vídeo seja automaticamente seleccionado a partir de uma biblioteca inteira de codecs especializados. Ao comprimir o vídeo para baixo de 3Mbps, o CodecSys permite que os fornecedores de vídeos reduzam as suas necessidades de largura de banda mais de 50 por cento, para vídeos com qualidade HD, permitindo ter mais vídeos em menos largura de banda. "

Apenas o tipo de declarações que eu gosto, pois são facilmente medidas. Tempo então para uma demonstração da qualidade, e todos podem verificar a qualidade graças à glória do player de vídeo em HD da Eurogamer. Desenterrei o meu vídeo favorito - uma pequena montagem de clips de Burnout Paradise, o mesmo que usei para o infame artigo OnLive, e usei uma versão a 30FPS para esta comparação. É bom lembrar que a Fixstar tem algumas amostras no seu site com base em alguns vídeos de animação em CG. No entanto, de um modo geral, estes são fáceis de comprimir e oferecem pouco em termos de desafio para o codificador. Por outro lado, os jogos podem ser muito mais interessantes para um teste: imagens com blur (por exemplo, detalhe de fundo fora de foco) são fáceis de comprimir, mas a maioria dos jogos têm um quase infinito campo em profundidade. Vídeos de jogos também têm movimento rápido e é normalmente muito mais colorido: uma combinação que provoca aos codificadores imensos problemas.

Salta para os comentários (22)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (22)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários