O que acontece ao ecrã da Switch OLED depois de 1800 horas com a mesma imagem?

Praticamente nada.

Quando a Nintendo Switch OLED foi anunciada, uma das primeiras preocupações foi a possibilidade de Burn-In, um problema associado a este tipo de ecrãs em que os pixéis estáticos podem ficar queimados se permanecerem nesse estado durante muitas horas, deixando marcas no ecrã.

Para testar a resiliência do ecrã da Nintendo Switch OLED, e para averiguar o risco real do Burn-In acontecer, o youtuber Wulff Den "sacrificou" uma das suas Nintendo Switch OLED.

O teste era muito simples: deixar o ecrã da consola ligado com a mesma imagem durante 1800 horas. A imagem escolhida foi de um Shrine de The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

Será que o ecrã apresentou Burn-In depois de duas semanas com a mesma imagem? Toda a gente diria que sim, mas não. Fazendo várias comparações entre a consola de teste e outra Nintendo Switch OLED, é difícil apontar diferenças.

O youtuber disse que, se calhar, a consola de teste tem luz branca do tecto do Shrine mais obscura, e que os azuis estão um pouco esverdeados. No entanto, ainda que os ecrãs OLED da Switch sejam fabricados pela Samsung, é possível que estas diferenças já venham de origem.

Mesmo depois de já ter feito um vídeo, Wulff Den decidiu que o teste vai continuar, para ver o que eventualmente vai acontecer ao ecrã e quanto tempo é realmente necessário para ficar com Burn-In grave.

Ainda tens receio de Burn-In nos ecrãs OLED?

Salta para os comentários (0)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Steam Deck com bateria para 2 a 5 horas de jogo

Retomar jogo a meio de uma sessão está a ser trabalhado.

Twitch bane Pokimane durante 48 horas por transmitir Avatar The Last Airbender

Companhia aperta medidas contra a transmissão de programas com direitos de autor.

Também no site...

Comentários (0)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários