Equipa de Elden Ring ficou impressionada e pressionada com a qualidade gráfica de Demon's Souls remake

Mas não deram prioridade aos gráficos no seu jogo.

A From Software está a trabalhar em Elden Ring, a sua nova propriedade intelectual e um jogo ambicioso pelo qual desejam ficar ainda mais conhecidos, mas a sua fama mundial nasceu com Demon's Souls.

Como bem sabes, este clássico da PS3 teve direito a remake na PS5 pelas mãos da Bluepoint Games e em conversa com a EDGE, Hidetaka Miyazaki, diretor de Elden Ring e Demon's Souls, foi questionado sobre o que ele e a sua equipa pensam do jogo lançado pela Sony em novembro de 2020.

Miyazaki explicou que não jogou o remake de Demon's Souls, mas confirmou que a sua qualidade teve impacto na equipa de Elden Ring.

"Sim, tenho a certeza que o nosso pessoal responsável pelos gráficos sentiu essa pressão mais do que todos os outros," disse Miyazaki após ser questionado sobre o impacto do remake na sua equipa.

"Não apenas em Elden Ring, mas em todos os nossos jogos. A fidelidade gráfica não é algo que colocamos como a principal prioridade. O que pedimos em termos gráficos depende dos sistemas e requisitos do próprio jogo e tem menos prioridade do que outros elementos do desenvolvimento."

"Por isso é sempre uma área na qual tenho pena da minha equipa gráfica pois sei que trabalham mesmo muito. E trabalharam mesmo muito em Elden Ring, a nossa equipa responsável pelos sistemas gráficos e os nossos programadores esforçaram-se para ter imensas novas funcionalidades para criar o nosso jogo com melhor aspeto."

Miyazaki disse ainda que não jogou o remake porque não gosta de revisitar as suas criações, uma vez que fazem ressurgir imensas memórias e emoções, ao ponto de sentir que nem sequer está a jogar.

"Por isso, não joguei o remake de Demon's, mas estou muito contente por o ver receber este aspeto fresco, estes gráficos de novíssima geração. Era um jogo antigo, por isso vê-lo refeito desta forma e ter novos jogadores a jogá-lo foi obviamente algo que me deixou muito contente."

Miyazaki elogiou ainda o trabalho da Bluepoint Games e diz que ficou igualmente contente e aliviado por ver que os jogadores de agora se conseguiram divertir com o jogo.

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (3)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários