Banidas mais de 48 mil contas em Call of Duty: Vanguard e Warzone por batota

A Activision continua na luta.

A Activision prometeu combater com dureza as batotas em Call of Duty: Vanguard e Warzone, algo que pretende demonstrar ao anunciar que foram banidas mais de 48 mil contas nos dois jogos.

Graças às novas ferramentas e tecnologias de deteção de batotas, as equipas dedicadas a Call of Duty viram os jogos ficarem livres de mais de 48 mil contas assinaladas por comportamentos incorretos e que contrariam as regras dos jogos.

A nova ferramenta anti-batotas da Activision, a Ricochet, parece estar a funcionar como desejado e o número de contas banidas nos jogos Call of Duty continua a aumentar de mês para mês.

Em agosto, a Activision anunciou que baniu mais de 500 mil contas de Warzone, um jogo gratuito, mas tendo em conta que Vanguard é um jogo vendido a preço completo, é compreensível que a companhia redobre os seus esforços.

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Rainbow Six Extraction estreia no Game Pass

Ubisoft+ a caminho das consolas Xbox.

Steam está a reembolsar quem comprou Battlefield 2042

Plataforma reembolsou jogador mesmo sem cumprir com a política de devoluções.

PUBG: Battlegrounds está prestes a ser Free to Play

Menos de 1 dia para se jogar gratuitamente em todas as plataformas.

Stalker 2 adiado para dezembro

7 meses depois da data original.

Activision avança com processo legal contra criadora de batotas

Fala em danos irreparáveis à sua reputação.

Também no site...

Comentários (4)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários