Sakurai diz que teria de reduzir o elenco para um novo Super Smash Bros.

Se fizer um novo, não poderá fazer tanta coisa sozinho.

Super Smash Bros. Ultimate celebra esta semana 3 anos de vida e após a chegada de Sora, as novidades terminaram e enquanto uma parte da comunidade desfruta do que foi feito de forma brilhante ao longo destes anos, outra pensa no futuro.

Masahiro Sakurai, uma das principais forças no desenvolvimento da série, tem sido questionado sobre o futuro da série Super Smash Bros. e apesar de não admitir abertamente que existirá um novo jogo, diz que se isso acontecer será necessário reunir diversas condições.

Uma delas será reduzir o número de lutador, algo que poderá desagradar aos jogadores, mas também precisará de mais apoio. Sakurai diz que Ultimate ficou muito próximo da visão original para a série e que aprenderam imenso pelo caminho, mas não consegue responder se trabalhará num novo jogo da série.

"Penso que chegamos ao limite, pelo menos em termos do volume de conteúdo e lutadores," diz Sakurai ao The Verge.

"Basicamente, se tiver a oportunidade para trabalhar noutro jogo Super Smash Bros., isso significa que teria de encolher o elenco, mas temos de pensar se os fãs iriam ficar contentes com isso. Além disso, tenho feito muito do trabalho sozinho, teria de resolver isso."

Sakurai diz que teria de conversar com a Nintendo para diminuir a dependência da série em si e confessa que está a adorar o tempo livre que está a ter. Segundo conta, adora passear e conduzir, algo que tem feito regularmente após terminar o suporte ao mais recente jogo.

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (4)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários