Phil Spencer diz que o Kinect foi uma das maiores contribuições da Xbox aos videojogos

Ajudou a consciencializar sobre a acessibilidade.

Phil Spencer conversou com a revista EDGE e foi questionado sobre os grandes contributos da Xbox para a indústria dos videojogos, referindo diversos, mas realçando um.

Spencer considera que criar o Xbox Live é o principal contributo da companhia para esta indústria, tal como o padronizar na Xbox 360, mas refere que o Kinect também foi altamente importante.

"Eram os controlos por movimento a forma como todos deviam jogar todos os jogos. Na minha perspectiva, diria que a resposta a isso é não," começou por dizer Spencer.

"Antes disso, os jogos não eram todos para maiores de 16, mas quando começamos a fazer coisas como Kinect Sports e coisas de outros estúdios, como Happy Action Theatre e os jogos de dança, isso realmente abriu-nos os olhos para a escala do que a Xbox podia ser."

Spencer diz ainda que o Kinect ajudou a consciencializar a Xbox para a acessibilidade e a sua importância para muitas famílias, referindo que receberam imensas mensagens de pais cujas crianças não conseguiam jogar jogos até chegar o Kinect.

"Olho para o trabalho que fizemos na acessibilidade, seja com o Adaptive Controller ou o trabalho com software que fizemos, penso que podes traçar linhas diretas para o Kinect."

"Não especificamente ao dispositivo em si, mas para o que uma plataforma de jogos pode significar para mais pessoas. Essa é uma jornada que ainda continua."

O Kinect deu imenso que falar desde o seu lançamento em novembro de 2010 para a Xbox 360 e acompanhou as unidades iniciais da Xbox One em 2013, mas foi eventualmente removido para a Xbox vender a consola mais barata e eventualmente descontinuado.

Salta para os comentários (16)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (16)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários