Microsoft revela a carta escrita quando tentou comprar a Nintendo

Mais um pedaço de história.

Em 1999, ainda antes da Xbox original, a Microsoft tentou comprar a Nintendo, algo revelado anteriormente e que não correu nada bem. Os executivos da Nintendo riram-se e os da Microsoft ficaram sem saber o que fazer.

Agora, a Microsoft decidiu partilhar a carta que foi enviada para a companhia japonesa, na qual revela os planos que foram traçados e nos dá uma ideia de uma realidade alternativa.

O documento, enviado por Rick Thompson, na altura responsável pelo hardware Xbox na Microsoft, para Jacqualee Story da Nintendo fala sobre a tentativa da Microsoft em conseguir uma reunião com Hiroshi Yamauchi, na altura o líder da Nintendo, e Genyo Takeda, responsável pelo hardware da Nintendo, algo que não estava a ser fácil.

A carta, parte do museu virtual da Xbox, está em grande parte censurada, mas algumas partes do texto são legíveis e já foram transcritas para descobrir uma parte muito curiosa da história da Xbox.

"Querida Jacqualee, agradeço que tenha tentado preparar uma reunião com o senhor Takeda e o senhor Yamauchi para discutir uma possível parceria estratégica entre a Nintendo e a Microsoft em futuras plataformas de videojogos. Compreendo as preocupações do senhor Takeda sobre uma possível parceria e tentarei [não legível] as normas que ele pediu."

A maioria da carta não é legível, mas existe menções ao desenvolvimento do "Projeto Xbox", juntamente com a sugestão que "ajudaria a Dolphin a ser a melhor". Dolphin era o nome de código para a GameCube.

Esta carta é apenas um pedaço de uma longa história durante a qual a Microsoft tentou estabelecer uma parceria com a Nintendo. Em 2000, cerca de um ano após a carta, a Xbox tentou convencer a Nintendo a focar-se nos jogos enquanto a própria criava o hardware, numa tentativa de se tornarem mais forte juntas contra a PlayStation da Sony.

Como sabemos, isso também não resultou, mas é uma das maiores curiosidades do tempo em que a Xbox nasceu.

1

Salta para os comentários (32)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Rumor: Sony vai juntar PS Plus e Now para criar novos patamares do serviço

Acesso a demos, jogos PS4, PS5 e streaming de clássicos.

It Takes Two alvo de reclamação de direitos de autor pela Take-Two

Hazelight abandonou o registo do nome, mas espera não ter de mudar o nome ao jogo.

PS Plus no Japão conta com Judgment em dezembro

Japoneses recebem ofertas diferentes.

Também no site...

Comentários (32)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários