Diretor da PlatinumGames pede desculpa à Microsoft pelo cancelamento de Scalebound

Equipa não teve capacidade nem conhecimentos para concluir o projeto.

Esperado como exclusivo da Xbox para o ano de 2017, o RPG Scalebound foi dos jogos que mais controvérsia criou na altura, muito devido ao seu cancelamento inesperado.

Passados todos este anos, Hideki Kamiya, Diretor da PlatinumGames, vem pedir desculpas tanto à Microsoft como a todos os que aguardavam pelo jogo.

Foi através de um vídeo, obrigado VGC, que Kamiya abordou vários assuntos sobre Scalebound, falando do projeto, de como nasceu e o porquê do seu cancelamento.

"Scalebound foi um projeto que tínhamos em equipa com a Microsoft. Eles esperavam coisas boas de nós, e nós precisávamos de estar à altura dessas expectativas com o projeto".

"Fazer equipa com a Microsoft significava lançar o jogo na mais recente consola Xbox (a Xbox One). Mais uma vez tive o desejo de fazer um jogo topo de gama. Queria voltar a algo fotorrealista".

Mais à frente ele aborda a questão da dimensão do projeto, que não estavam preparados para algo tão desafiante e principalmente não tinham a experiência necessária para concretizar o que haviam idealizado.

"Estávamos a trabalhar num ambiente a que não estávamos habituados. Estávamos a desenvolver no motor Unreal, também nos faltava o know-how necessário para construir um jogo baseado em funcionalidades online".

"Os obstáculos que tivemos de ultrapassar eram muito grandes. Não tínhamos experiência suficiente e não conseguíamos ultrapassar aquele muro, o que acabou por levar ao que aconteceu no final".

"Lamento aos jogadores que esperavam ansiosamente, além disso, lamento à Microsoft que tinha depositado a sua confiança em nós como parceiro de negócios. Quero pedir desculpa, tanto como criador como membro da PlatinumGames".

Estas são as justificações mais concretas que tivemos até há data sobre o que realmente aconteceu com Scalebound. Sabemos agora que a equipa que estava a cargo do projeto simplesmente não teve a capacidade e conhecimentos para o concluir.

Salta para os comentários (48)

Sobre o Autor

Adolfo Soares

Adolfo Soares

Director

É o nosso homem do PC, por isso qualquer coisa é com ele. É também responsável pelo Eurogamer, bem como dá uma perna nas notícias.

Conteúdos relacionados

Cyberpunk 2077 não chega ao Xbox Game Pass tão cedo

CD Projekt RED diz que é cedo para os serviços receberem o jogo.

Cyberpunk 2077 e The Witcher vão receber funcionalidades multiplayer

CD Projekt quer aprender para depois adicionar mais e mais.

Bioware e EA celebram o Dia Dragon Age

Festividades para todos os fãs.

Também no site...

Comentários (48)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários