Sakurai não sabe se Super Smash Bros. pode continuar sem ele

Já tentaram, mas não correu bem.

Após a sua chegada em dezembro de 2018, Super Smash Bros. Ultimate alcançou um estatuto mítico com o sensacional apoio pós-lançamento e as personagens convidadas que deixaram o mundo boquiaberto.

Após este feito magistral, os responsáveis pelo jogo não sabem se alguma vez serão capazes de conseguir fazer melhor e no caso de Masahiro Sakurai, o principal responsável pela série, nem sequer sabe se estará disponível para mais um jogo.

Na mais recente edição da Famitsu (obrigado VGC), Sakurai confessa que nem sabe se este foi o último da série, mas assegura que "não estou a pensar numa sequela".

"Tenho de pensar se vale a pena lançar outro Smash Bros. e correr o risco de desiludir os jogadores."

"Não consigo ver forma de produzir Smash Bros. sem mim. Para ser honesto, gostaria de o deixar para outra pessoa, até já tentámos isso, mas não resultou."

Sakurai diz que se vão continuar a série, precisa discutir a sério com a Nintendo como assegurar que será um sucesso e diz que por enquanto prefere que o mundo se esqueça dele pois vai-se afastar dos holofotes por algum tempo.

Salta para os comentários (5)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Street Fighter 6 será revelado em 2022

A Capcom já trabalha no novo projeto.

Keanu Reeves não quer John Wick ou Neo em Mortal Kombat

Gosta do jogo, mas não gostaria de ver os seus personagens nele.

Também no site...

Comentários (5)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários