Horizon Chase Turbo: Senna Forever - Review - Tributo a um campeão

Espírito arcade.

Caso em que o DLC é melhor que o jogo. Por dentro de uma carreira lendária, num formato arcade, simples e sem grandes evoluções em gameplay.

Não há muitos jogos nos quais os DLC possam beneficiar de mais popularidade que o jogo que os precede. Mas é bem verdade que o nome de Ayrton Senna se impõe como um dos mais relevantes do panorama automobilístico do desporto automóvel e em particular da F1. Ayrton Senna não é o piloto com mais vitórias, poles ou campeonatos, mas a sua lenda permanece e perdurará para além dos fãs e dos devotos que o viram realizar corridas magistrais e prodigiosas conduções à chuva. Entre Horizon Chase Turbo e Senna Forever, Seninha ganha, especialmente à chuva.

O lançamento do DLC Horizon Chase Senna Forever é um fascinante prolongamento da experiência em Horizon Chase Turbo, um jogo com já três anos, altamente evocativo dos clássicos de condução automóvel, como OutRun e Lotus Turbo Challenge, graças aos seus visuais contrastantes, estilizados e uma sensação de velocidade e condução totalmente arcade. O Senna Forever não vem alterar significativamente a experiência de Horizon Chase, é sim uma extensão da carreira de um piloto que chegou à Fórmula 1, viu e venceu, com base no modelo de jogo previamente concebido, com uma assinatura e "feel" do mundial de F1, embora não integralmente oficial.

Neste DLC, oficial só o nome do piloto, por via do Instituto Ayrton Senna. Os carros pilotados por Ayrton Senna beneficiam de algumas aproximações em cores e desenho. O resto são trocadilhos, tanto dos rivais em pista, como das marcas, os carros de Ayrton. É uma velha fórmula de contornar as dificuldades ao licenciamento, que nem por isso deixa de veicular uma aproximação bastante assertiva dos desenhos e das corres dos carros, facilmente identificados por qualquer fã. Depois há as pistas, os traçados por onde Senna deixou a sua marca de condução, entre os quais está o nosso Estoril, onde o brasileiro conseguiu aquilo que se pode apelidar de Grand Slam (pole, volta mais rápida e primeiro lugar na corrida, liderando em todas as voltas).

1
À entrada do icónico túnel do Mónaco.

Dois modos de jogo para evocar uma carreira ímpar

O DLC Senna Forever é composto por dois modos de jogo: um modo carreira com cinco capítulos, desde a estreia na Toleman até ao apogeu na McLaren, contendo cada temporada as corridas respectivas. Já o World Championship permite o acesso a diferentes carros e a uma linha de progresso adequada ao título. Embora este modo seja o mais regular, ou normalizado, é no modo carreira que encontramos uma série de objectivos destacados, através dos quais tentamos igualar (e até melhorar) as façanhas de Senna, especialmente ao nível dos resultados. Uma dessas provas é vencer no Estoril, à chuva. As corridas sob pluviosidade são recorrentes. Senna era um mestre da condução à chuva e destacou-se sob essas condições, como naquele GP da Europa de 1993, em Donington Park, quando deu uma volta de avanço ao terceiro classificado, só o "Professor" Alain Prost.

A jogabilidade é bastante similar a Horizon Chase Turbo. Com uma condução do género arcade, rápida e precisa, nada aqui se equipara a uma simulação. Há moedas para recolher, sinais de combustível para aumentar o combustível no depósito e múltiplos adversários para superar em pista. As travagens são escassas ou cirúrgicas e os nitros permitem ganhar velocidade. Aqui não há qualificações nem sessões de treino. A entrada na corrida é imediata e uma aceleração na abertura certa dos semáforos garante uma partida em jeito de disparo.

Ao nível das configurações do carro, existem três apenas, o que não é muito mas que podem ser maximizadas consoante o percurso. Num circuito como o Mónaco, cheio de curvas, onde Senna foi Príncipe, curvar com mais borracha pode ser uma solução. Em Barcelona, tirando proveito das longas rectas, uma configuração aerodinâmica pode ajudar a ganhar mais velocidade em recta. A configuração com mais combustível aumenta os litros no depósito e torna menos relevante a procura por combustível em pista, aumentando o foco na condução e na ultrapassagem dos adversários.

Porém, quando nos sentimos um ás do volante, ao nível de Senna e passamos a terminar cada circuito na frente, é a partir desse momento que o jogo vai sendo implacável nos seus limites, ao não permitir grandes personalizações, ao cingir-se às voltas rápidas e sem grandes nuances na progressão que não seja conhecer mais uma carreira. O World Championship também não é muito diferente ao nível das opções que propõe, ainda que inscreva o multiplayer. É pena que o DLC não nos deixe ir mais além do que esse contacto nostálgico, assente na carreira de um piloto virtuoso. A perspectiva interior injecta alguma adrenalina e o efeito de velocidade está bem conseguido, melhor que a câmara de perseguição. Mas ao cabo de algumas corridas é como se já tivéssemos visto tudo o que o jogo tem para oferecer e o resto é para cumprir calendário, sem segredos ou surpresas. Não obstante, os saudosistas dos jogos de condução arcade e fãs de Senna vão encontrar aqui algum agrado. É um jogo que funciona bem, daqueles jogos em que o DLC é melhor que o jogo que o precede, e capta bem a carreira e o "feel" em pista de um dos melhores de sempre da F1.

Prós: Contras:
  • DLC melhor que o jogo precedente
  • Modo carreira sólido
  • Estética clássica
  • Sensação de velocidade
  • Objectivos por corrida
  • Preço
  • Depois de descoberto e dominado não acrescenta evoluções
  • Alguns embates arreliantes
  • Corridas à chuva podem desapontar
  • Só Senna está licenciado

Lê o nosso Sistema de Pontuação

Salta para os comentários (22)

Sobre o Autor

Vítor Alexandre

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Cristiano Ronaldo eleito como um dos melhores da Champions em FUT22

Os melhores da Fase de Grupos chegam ao jogo.

Rumor: Sony vai juntar PS Plus e Now para criar novos patamares do serviço

Acesso a demos, jogos PS4, PS5 e streaming de clássicos.

GRID Legends recebe trailer e data para fevereiro

Modo história mistura realidade e virtual para maior emoção.

League of Legends: Wild Rift é o jogo iPhone do ano

Apple destaca os melhores jogos do ano.

Comentários (22)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários