Chacko Sonny, produtor executivo de Overwatch 2, deixa a Blizzard

É a mais recente baixa do estúdio.

A Blizzard Entertainment, o estúdio responsável por uma série de jogos como World of Warcraft ou Diablo, tem passado por uma época bem conturbada.

Depois de várias saídas de peso, que incluem o ex-presidente J. Allen Brack e até mesmo o chefe de RH da empresa, Jesse Meschuk, agora é a vez de Chacko Sonny deixar também a Blizzard.

Chacko Sonny, produtor executivo da Overwatch, anunciou que deixará a Blizzard Entertainment no final desta semana, tornando-se na mais recente figura de alto perfil a deixar a empresa enquanto o processo de assédio sexual e discriminação continua.

A Bloomberg revelou que Sonny deixará a empresa na sexta-feira, 24 de setembro e, numa mensagem à equipa, ele notou que os seus cinco anos no estúdio foram "um privilégio absoluto e uma das melhores experiências da minha carreira". A nota não faz referência ao processo de assédio em andamento e que está atualmente sob investigação na Activision Blizzard.

É importante recordar que a Blizzard está a ser processada por violações dos direitos civis do estado e leis de igualdade salarial, incluindo assédio generalizado, discriminação e abuso, especialmente contra as mulheres da empresa.

Apesar destas saídas, a Blizzard insiste que Overwatch 2 está a fazer um "excelente progresso" e "está nas fases finais de produção". O estúdio deverá partilhar mais informações sobre o jogo na Overwatch League Grand Finals que decorre este fim de semana.

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Jorge Salgado

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Conteúdos relacionados

O que estamos a jogar - 24 Outubro

E tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

FIFA 22 e PS5 no topo do Reino Unido em setembro

Consola da Sony teve um dos seus melhores meses de vendas.

Também no site...

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários