Saints Row assenta os pés na terra, mas a ação é na mesma explosiva e cómica

Ir às origens para traçar o futuro.

Num mundo onde existe um colosso como Grand Theft Auto, especialmente GTA 5 e GTA Online, tentar encontrar espaço para um jogo com elevadas similaridades poderá representar um desafio hercúleo. Para a Volition, a série Saints Row, que desde sempre gerou comparações com a série da Rockstar, sempre procurou diferenciar-se com uma forte dose de humor e uma ação mais pateta (o que poderia ser descrito como nonsense). Enredos parvos e obscenos, tiroteios loucos e personagens absolutamente excêntricas para destoar por completo do tom mais sério procurado pela Rockstar Games para GTA.

No entanto, após exceder por completo todos os limites da loucura com Saints Row 4 e expansões, a Volition ficou a perguntar o que se segue. A resposta não foi apostar ainda mais na loucura e perder por completo a noção da realidade, levando a série para o espaço para enfrentar extra terrestes, especialmente após te dar poder para voar e lutar contra todo o tipo de ameaças. A equipa recrutou imenso sangue fresco na hora de preparar o futuro e decidiram que precisavam olhar para o passado se queriam encontrar o caminho em frente.

A resposta, como já sabes, é um reboot da série Saints Row, um jogo com os pés muito mais assentes na terra e que nasce desta mistura de novatos e veteranos na equipa. Com o simples nome de Saints Row, este é um regresso às origens, que tem em conta o que se passou na indústria após o lançamento do original e está ainda igualmente preparado para satirizar eventos recentes do mundo real. Não penses que quando decidiram reduzir a loucura isso significa remover a excentricidade que diferencia a série.

Numa apresentação para a qual fomos convidados, tivemos a oportunidade de ver um primeiro olhar prolongado ao gameplay e escutamos a equipa a falar das suas principais filosofias para este reboot da série. A ação louca e explosiva, sessões cooperativas e construir um império são os principais pilares deste novo Saints Row que está agendado para Fevereiro de 2022. Em Saints Row, poderás aliar-te a outros 3 jogadores e começar um império do crime para destruir toda a concorrência. São pilares que moldam toda a experiência e como seria de esperar de um projeto da Volition, a equipa não teve qualquer problema em brincar com a realidade e o que seria possível num jogo em mundo aberto de tom realista.

Para o diferenciar dos demais jogos de similar ambição, a equipa procurou por inspiração no oeste dos Estados Unidos, as zonas áridas com enorme desfiladeiros, mas com imensa variedade presente em termos de cenários e zonas. Existem diversos distritos inspirados em locais como Las Vegas nos Estados Unidos por onde terás de executar missões e se quiseres, podes jogar com outros amigos para que a dose de explosões seja ainda maior e mais divertida. A Volition assegura que a essência de Saints Row está intacta, mesmo sendo um regresso às origens que reduz um pouco aquela loucura satirizada ao extremo nos mais recentes jogos.

1

Diversão gratificante e imediata é o lema deste reboot de Saints Row, que apesar do tom mais realista, mantém-se extravagante, colorido e explosivo. Este jogo não ostenta a mesma loucura descontrolada e quase irreal dos mais recentes, é algo a ter em conta, mas não esperes um jogo totalmente realista e desprovido de humor. Num dos momentos gameplay, vi uma missão na qual a equipa destruía tudo a partir do helicóptero, mergulhando um quarteirão inteiro no caos, vi tanques usados para completar missões e ainda vi um momento que é totalmente Saints Row: ninjas com equipamento LED a brilhar com nunchakus que desviam balas.

Estas missões da campanha colocam-te como o "Chefe" de um grupo de 4 personagens principais que querem sair da sombra dos gangues e criar nome nas ruas, libertando-se das garras das fações que controlam a cidade. Cada gangue tem as suas próprias características e motivações, o que te colocará em rota de colisão com eles. Sendo um jogo focado na construção de um império que terás de gerir, Saints Row desafia-te a libertar zonas do controlo das outras fações para desbloquear terrenos e construir locais de negócio. Além disto aumentar o império, também abre mais oportunidades gameplay através de missões relacionadas com esses negócios. Tens total liberdade de onde colocar o que queres onde quiseres, mas tens de o fazer tendo em conta que terá impacto direto na experiência.

2

A Volition explicou que existem algumas atividades loucas dos anteriores que estão de volta, não apenas por nostalgia, mas simplesmente porque encaixam muito bem neste novo gameplay que está a ser preparado. O exemplo dado foi a gestão de uma clínica manhosa e que combina com esta temática. Ao optar por construir uma clínica, estarás a abrir acesso a determinadas missões opcionais e linhas narrativas relacionadas com um gangue rival específico. Existem missões cooperativas, podes jogar a solo ou com amigos, sendo um jogo muito bem dividido em termos de missões e aventura no mundo aberto, afirma a Volition. Além das missões de narrativa durante as quais os 4 personagens criam o seu império, existe um enorme mundo aberto onde te podes divertir com amigos, se preferires, à alternativa de jogar a solo (todas as missões podem ser jogadas em cooperativo).

A equipa diz mesmo que se inspirou nos mais diversificados projetos, desde banda desenhada a séries televisivas, mas apresenta John Wick como uma das maiores influências para os tiroteios. A Volition pretende apresentar um jogo de ação explosiva e cooperativa, no qual os tiroteios combinam estilo e ação intensa como nenhum outro. É uma grande ambição e que certamente poderá ajudar a diferenciar Saints Row.

No final da apresentação, a equipa falou do porquê de ter optado por reiniciar a série e se focar nas origens dos Saints, através de um novo grupo de personagens e como este jogo será a base do futuro da série. Voltar às raízes e para um tom menos louco, com os poderes e personagens a voar, deve-se ao facto da equipa sentir que não podia ir mais além no nível de loucura. Foram ao máximo que podiam ir em Saints Row 4 e após isso, após chegar ao teto da estupidez, sentiram que só podiam recuar e optar por um tom mais terra a terra. Para onde iam em seguida, 'enfrentamos Deus?' Não havia muito mais a fazer no nível de loucura.

No entanto, basta olhar para os vídeos e é fácil perceber que este será um novo jogo de ação cooperativa em mundo aberto com imensa loucura, talvez preparado para ser jogado durante longos meses. Por enquanto, resta-nos esperar para saber como Saints Row conseguirá encontrar o seu espaço numa indústria que receberá mais uma versão de GTA 5 e GTA Online será vendido em separado. A Volition tem uma tarefa difícil pela frente, para diferenciar a sua ação excêntrica enquanto assenta os pés na terra, mas começou do zero e afirma estar a criar o jogo que deseja.

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Anunciado Outcast 2: A New Beginning

Sequela de um clássico de culto para PS5, Xbox Series X|S, e PC.

Atualização para Ghost of Tsushima Director's Cut

Já podes adquirir seda ao mercador no NG+.

Destroy All Humans 2 remake revelado antecipadamente pela Sony

Foi avistado algo curioso antes de desaparecer.

Digital Foundry | Comparados os modos visuais de Deathloop PS5: qual é a melhor forma de se jogar?

A decomposição das três opções - e o que o rastreio de raios traz para a festa.

Também no site...

Destroy All Humans! 2 remake e Outcast 2 são 2 dos 7 jogos anunciados pela THQ Nordic

SpongeBob SquarePants: The Cosmic Shake também foi anunciado.

Anunciado Outcast 2: A New Beginning

Sequela de um clássico de culto para PS5, Xbox Series X|S, e PC.

Forza Horizon 5 não terá demo

A Playground Games confirma.

Comentários (4)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários