Phil Spencer diz que o sucesso de jogos antigos no Xbox Game Pass incentiva a pensar em ressuscitar séries

Percebem os interesses dos jogadores.

Phil Spencer, patrão da divisão Xbox da Microsoft, falou com o Kinda Funny Gamescast sobre diversos temas e um deles foi como o Xbox Game Pass está a permitir analisar a popularidade de séries mais antigas e como isso pode justificar apostar em novos jogos.

Questionado se os dados dos jogadores em jogos Xbox e Xbox 360 no Game Pass ajudam a ressuscitar séries, Spencer assegurou que sim, especialmente porque o serviço permite aos jogadores apostar em títulos que deixaram escapar.

"Absolutamente, sim...olha para Prey, penso que é um jogo espantoso quando foi lançado, mas muitas pessoas deixaram escapar," diz Spencer.

"Ver mais pessoas a jogar algo como Prey ou Dishonored ou voltar a Fable e podes falar desses jogos, para nós que nos sentamos enquanto organização criativa que olha para os interesses das pessoas, dá-nos mais dados sobre coisas nas quais podemos pegar e levar em frente através de novas ideias e novas equipas que podem querer fazer isso."

"Por isso, sim, o Game Pass tem sido, definitivamente, uma boa fonte. Foi espantoso quando a Bethesda chegou e sermos capazes de colocar tantos "novos velhos" jogos no Game Pass e voltar com o legado que temos com algumas propriedades, mesmo pensando em Rare Replay foi uma coisa realmente interessante para nós fazemos e deixar as pessoas experienciar algumas propriedades antigas da Rare."

Spencer diz que vão continuar a monitorizar os interesses dos jogadores e refere mais uma vez que nem todos os jogos precisam focar-se em tornar-se num serviço, para vários jogadores, com uma longevidade de anos.

Salta para os comentários (22)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (22)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários