CEO da Avalanche explica porque escolheu a Xbox para o jogo Contraband

Xbox Game Pass permite um maior retorno financeiro.

Contraband foi um dos jogos apresentados durante a conferência Xbox e Bethesda na E3 2021, sendo um exclusivo do ecossistema Xbox (PC e Xbox Series S/X) que estará no Xbox Game Pass no dia de lançamento. Não se sabe muito sobre o jogo, apenas que será um open world cooperativo que decorrerá nos anos 70 num sudeste asiático fictício.

Numa entrevista ao GamesIndustry, obrigado wccftech, o CEO da Avalanche Studios Pim Holfve explicou porque escolheu a Xbox como parceiros para o jogo Contraband.

"Tivemos uma grande relação com a Microsoft, e trabalhar com um first party também tem sido intrigante, vendo o que isso realmente significa em termos de apoio e de aproximação ao hardware. É um novo tipo de parceria para nós. Tivemos parcerias fantásticas com a Square Enix, Bethesda e Warner Bros, mas estas não são as mesmas que a first party.

"Fez muito sentido trabalhar com a Xbox nisto devido à grandiosidade do projeto Contraband. Não é um conceito que apresentaríamos a todas as editoras."

Holfve também dá importância ao Xbox Game Passe e de como este permite chegar a uma audiência mais alargada, que se irá refletir num maior retorno financeiro.

"O nosso principal objetivo é aumentar a nossa base de utilizadores... mesmo que não seja nossa diretamente - neste caso, vai ser da Xbox. Mas sabemos que se fizermos crescer a nossa base de utilizadores, sabemos que o dinheiro e as receitas virão. A principal motivação para nós como empresa não é dinheiro, é entretenimento - estamos a entreter um grande número de pessoas.

O Game Pass tem sido realmente fantástico para nós, especialmente se olharmos para o título publicado por nós. TheHunter: Call of the Wild ajudou-nos a provar o nosso modelo de serviço e o Game Pass da Xbox foi fantástico porque conseguimos chegar a muitos mais jogadores. É uma boa maneira das pessoas experimentarem [o jogo], e uma vez que temos um catálogo de DLCs tão grande para esse título -- mais de 20 DLCs -- é uma bela maneira de fazer entrar as pessoas, de se envolverem e de mostrar que é um jogo espetacular. Então as pessoas sentem-se realmente tentadas a comprar mais. Assim, o modelo de negócio funciona realmente a nosso favor."

Salta para os comentários (71)

Sobre o Autor

Adolfo Soares

Adolfo Soares

Director

É o nosso homem do PC, por isso qualquer coisa é com ele. É também responsável pelo Eurogamer, bem como dá uma perna nas notícias.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Ubisoft aconselha desligar aplicações como Skype, Discord e OBS

Afirma que podem provocar problemas nos seus jogos!

Apex Legends mostra o novo mapa no novo trailer

A Season 11 terá imensas novidades.

Eis um novo olhar à campanha de Halo Infinite

343 Industries revela as novidades.

Comentários (71)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários