Yakuza e Judgment são jogos para vender até 3 milhões de unidades, diz a SEGA

Maior ambição para estas séries.

Há muito que os jogos da Ryu Ga Gotoku Studio deixaram de ser títulos de nicho que somente os mais apaixonados pela cultura japonesa queriam jogar e tornaram-se em jogos com reconhecimento mundial disponíveis em diversas plataformas.

Após a receção a Yakuza: Like a Dragon, a SEGA está mais do que nunca encorajada com o potencial desta série e com Judgment, que terá em Setembro uma sequela, chamada Lost Judgment, para consolas PlayStation e Xbox.

Na mais recente conferência financeira, obrigado ao Persona Central, os executivos da SEGA informaram os investidores que espera ver as vendas de Yakuza e Judgment a continuar a crescer e com potencial para vender entre 2 a 3 de milhões de unidades, para cada novo jogo que será lançado no futuro.

"Acreditamos que ainda existe potencial para um grande aumento nas vendas do mesmo jogo com a expansão global e localização em simultâneo para várias línguas, com receitas que de forma natural seguirão."

"No passado, por exemplo, era lançado primeiro a versão japonesa de Yakuza e depois era vendida noutra regiões, o nível da localização variava, tal como a presença ou ausência de vozes e línguas suportadas. Ao lançar em simultâneo o jogo em várias plataformas e várias línguas, a companhia será capaz de concentrar os custos de marketing, que anteriormente se espalhavam ao longo de um período de tempo para os reduzir."

A SEGA disse ainda que o mercado digital PC está a permitir expandir o seu negócio e refere que lojas como a Steam e Epic Games Store vão ajudar a alcançar essas previsões de 2 a 3 milhões de unidades vendidas por jogo.

Salta para os comentários (11)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (11)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários