Lord of the Rings MMO cancelado pela Amazon

Disputa com a Tencent afeta projeto.

A Amazon cancelou o seu Lord of the Rings MMO.

O Bloomberg relata que o jogo foi cancelado devido a uma disputa entre a Amazon e a Tencent. Este Lord of the Rings MMO estava a ser desenvolvido pela Amazon Game Studios numa colaboração com a Athlon Games, subsidiária da chinesa Leyou Tecnologias, dona da Digital Extremes e Splash Damage.

Em Dezembro, a Tencent comprou a Leyou e que as negociações acabaram por ditar uma incapacidade em alcançar um acordo entre todas as partes envolvidas para que o desenvolvimento pudesse continuar.

A equipa que estava a trabalhar no jogo será colocada noutros projetos e o mundo jamais terá a oportunidade para ver esta prequela para a trilogia, que nos iria levar para novos locais no mundo imaginado por Tolkien.

Este é um novo revés para as ambições da Amazon no mundo dos videojogos e chega meses após o cancelamento de Crucible, enquanto New World ainda não foi lançado.

Salta para os comentários (7)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Ginásio de eSports vai abrir em Tóquio

Toca a treinar os dedos e os pulsos!

Microsoft diz que nunca ganhou dinheiro com a venda de uma consola Xbox

Caso da Epic Games e Apple continua a dar que falar.

Mario Kart 8 Deluxe já vendeu mais de 35 milhões de unidades e é o jogo mais vendido na Switch

Super Mario 3D World + Bowser's Fury perto dos 6 milhões de unidades vendidas.

Comentários (7)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários