Naughty Dog trabalha em vários projetos, mas ainda tem dificuldade nessa gestão

Coloca a maioria do foco num só.

A Naughty Dog está neste momento a trabalhar em vários projetos, mas admite que ainda não consegue gerir da melhor forma esta forma de trabalhar e que coloca a grande maioria do foco num só projeto.

Na mesma conversa em que confirmou que Jak and Daxter não é um dos novos projetos, Evan Wells, copresidente da Naughty Dog, explicou que ainda estão com dificuldades em implementar uma estratégia para o desenvolvimento de vários projetos em simultâneo.

Wells diz que a primeira tentativa foi em 2009, quando uma equipa se focou em começar Uncharted 3 enquanto outra dava os primeiros passos em The Last of Us, mas inevitavelmente vêem-se forçados a colocar mais foco e pessoal num dos projetos, o que afeta a capacidade de desenvolver dois ou mais jogos ao mesmo tempo.

Segundo diz, Bruce Straley e Neil Druckmann passaram entre 3 a 4 meses a trabalhar num novo Jak and Daxter, mas decidiram cancelar o projeto e focar-se num novo jogo, que viria a ser lançado como The Last of Us, que perdeu constantemente recursos para favorecer Uncharted 3.

"A quantidade de esforço necessário para terminar Uncharted 3 na altura foi roubar recursos a The Last of Us e nunca chegamos ao ponto de termos duas produções completas em curso," diz Wells. "Diria que mesmo hoje ainda não o conseguimos. Temos diversos projetos, mas apenas um está a receber a grande maioria do foco."

"Não temos dois projetos com centenas de pessoas neles. Temos um projeto e depois alguns em pré-produção ou talvez simplesmente a sair da pré-produção, mas terão de esperar até o foco principal estar terminado, antes de tirarmos todas as pessoas desse projeto."

Recentes informações não oficiais indicam que a Naughty Dog trabalha num jogo multiplayer, provavelmente Factions para The Last of Us: Parte 2 que até poderá ser lançado em separado, enquanto colaboram com um estúdio externo no remake de The Last of Us.

Wells disse ainda que é a equipa a decidir o que quer fazer e que preferem focar-se em jogos originais do que continuar a criar sequelas.

"Apesar do sucesso que tivemos com Uncharted, se estivesse-mos no Uncharted 6 ou 7 agora, penso que a criatividade seria muito fraca e não estaríamos a fazer o nosso melhor trabalho."

Para a Naughty Dog, desenvolver um jogo que os deixa entusiasmado é o que mais desejam e acreditam que isso beneficia os fãs, ao invés de continuar a apostar em intermináveis sequelas que esgotam a criatividade.

Salta para os comentários (31)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (31)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários