Banidos 30 mil batoteiros de Call of Duty Warzone

Mais uma vaga de sanções.

A Activision confirmou que os seus esforços contra os batoteiros em Call of Duty: Warzone prosseguem.

A companhia confirmou ao PC Gamer que foram banidos mais 30 mil contas devido a batotas praticadas no battle royale gratuito, a mais recente vaga de contas banidas e certamente não será a última.

A Raven Software também confirmou anteriormente que já foram banidos mais de 300 mil jogadores desde o lançamento de Call of Duty: Warzone e a constante necessidade de controlar as práticas ilegais significa uma grande quantidade de recursos diários.

A Activision assegura que está a esforçar-se todos os dias para identificar os batoteiros e removê-los dos mais recentes jogos Call of Duty, mas é o gratuito Warzone que mais dores de cabeça dá.

Pelo outro lado, também continuam os esforços para corrigir bugs e exploits que a comunidade descobre para manipular o gameplay a seu favor, outro combate diário das equipas responsáveis pelo jogo.

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Battlefield 2042 - DICE desvenda Hazard Zone

Modo de jogo para destronar o battle royale tradicional.

Teste de Ghost Recon Frontline adiado

A equipa decidiu esperar mais tempo antes de o testar.

Também no site...

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários