Nacon responde à Frogwares: "Estão a sabotar os nossos investimentos"

A editora foi acusada de piratear e distribuir ilegalmente The Sinking City.

A Nacom já respondeu às acusações da Frogwares relativamente ao caso de The Sinking City.

Esta semana, o estúdio francês que desenvolveu The Sinking City acusou a editora de piratear, alterar e de distribuir ilegalmente o jogo no Steam. Agora, a editora responde, acusando o estúdio de sabotar o investimento realizado e afirmando estar inocente.

"A Nacon contribuiu para o financiamento da produção e pagamento de royalties da Frogwares com 8.9 milhões de euros até à data (incluindo o pagamento completo para uma versão Steam), tornando o investimento global bem acima de 10 milhões de euros se integrarmos os custos de marketing," disse a Nacon no site oficial.

"Contrariamente às alegações da Frogwares, a Nacon pagou todas as quantidades devidas. Hoje, a não ser que a Frogwares esteja a agir de má fé, não tem razão para não tornar o jogo disponível para a Nacon no Steam."

A editora defende-se do estúdio acusando que já tentaram no passado recorrer a alegações de falta de pagamento para recusar a entrega da versão do Steam, tentanto depois terminar o contrato com a editora.

"O Recurso no Tribunal de Paris determinou esta acção manifestamente ilegal, ordenando a continuação do contrato e encorajando a Frogwares de se afastar de qualquer acção que impeça a sua continuação," remata a editora.

A Nacon afirma que é detentora dos direitos do jogo e da distribuição no Steam e acusa a Frogwares de tentar sabotar o investimento no jogo ao recorrer ao Twitter para desencorajar a compra de The Sinking City no Steam.

"A Frogwares teve cuidado para não indicar que todas as decisões do tribunal na disputa entre a Nacon e a Frogwares foram até agora favoráveis para a Nacon," concluiu o texto disponível no site oficial.

Este é um caso que definitivamente só será resolvido em tribunal. Vamos ter que aguardar para saber a decisão da justiça francesa.

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

O que estamos a jogar - 10 Abril

Rise, League, Destiny e Guilty Gear.

Epic já perdeu mais de 380 milhões de euros com a sua Epic Games Store

Investimento a longo prazo significa fundos perdidos.

Lootbox #11 - A E3 2021 em formato Digital

E as nossas hilariantes histórias dos eventos anteriores!

Rumor: PlayStation prepara resposta ao Xbox Game Pass

Quer reagir à popularidade do serviço da Microsoft.

Também no site...

Lootbox #11 - A E3 2021 em formato Digital

E as nossas hilariantes histórias dos eventos anteriores!

O que estamos a jogar - 10 Abril

Rise, League, Destiny e Guilty Gear.

Epic já perdeu mais de 380 milhões de euros com a sua Epic Games Store

Investimento a longo prazo significa fundos perdidos.

Comentários (4)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários