O ano 2020 foi o melhor para o mercado PC dos últimos 10 anos

A procura por produtos PC gaming cresceu exponencialmente.

O ano de 2020 ficará marcado pela pandemia COVID-19, que ainda marca a nossa atualidade, cujo isolamento social obrigatório forçou grande parte do mundo a permanecer em casa à procura de mais entretenimento.

A indústria dos videojogos e os serviços de streaming de vídeo proliferaram e foram batidos recordes de vendas e interatividade, mas existe outro indicador que mostra os efeitos da pandemia no mundo da tecnologia.

De acordo com o PCMag, desde 2010 que não existia uma procura tão elevada por produtos PC e os vendedores PC enviaram para as lojas de todo o mundo mais de 302 milhões de unidades, o que representa um aumento de 13.1% sobre 2019.

Segundo a IDC, isto representa o maior crescimento dos últimos dez anos e somente em 2010 se registou um aumento superior, quando o mercado PC registou um crescimento de 13.7% sobre 2009.

A COVID-19 forçou as pessoas a permanecer em casa e muitos sentiram a necessidade de comprar um novo equipamento e a Canalys acrescenta no seu relatório que os portáteis foram os produtos mais procurados, representando um aumento de 44% sobre 2019 e um total de 235.1 milhões de unidades enviadas para as lojas.

Os Google Chromebooks foram dos produtos mais procurados nos Estados Unidos e foram enviadas para as lojas mais 80% de unidades do que em 2019, outro valor que mostra bem o crescimento do mercado PC em 2020.

Os desktops não tiveram a mesma procura e até desceram 20% em relação a 2019, mas a Canalys sugere que isto se deve ao encerramento de escritórios em todo o mundo e a transição para trabalho remoto.

Para 2021, as pesquisas de mercado avançam que a procura por PCs vai continuar a crescer, mesmo com a vacina COVID-19 já a ser aplicada em diversos países. Seja para trabalho remoto ou ensino à distância, cada vez mais pessoas precisam de um PC.

Salta para os comentários (11)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (11)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários