A PlayStation diz que a competição a faz trabalhar melhor

Mas não gosta do termo "guerra de consolas".

A PlayStation acredita que a concorrência é fantástica pois assim é forçada a ser melhor.

Jim Ryan, CEO da Sony Interactive Entertainment não gosta do termo "guerra de consolas", mas afirma que sem a competição de companhias como a Microsoft, a indústria não seria tão boa para o consumidor.

Na mesma entrevista em que falou da diferença que fazem os exclusivos da PlayStation Studios, Ryan foi questionado sobre a guerra com a Microsoft e se ainda continua, respondendo que não gosta e nem usa o termo "guerra de consolas".

"Não é um termo que use ou sequer goste," respondeu Ryan.

"Para mim, é fantástico existir concorrência. Penso que nos faz trabalhar mais. Evita que fiquemos acomodados. É bom para o consumidor ter escolha. Penso que isso é espetacular. Estamos felizes e orgulhosos do que temos."

A Microsoft trabalhou imenso ao longo dos seus anos de atividade na indústria para apresentar as suas próprias ideias e ambições, forçando frequentemente a Sony e esforçar-se mais e o beneficiado é o consumidor.

A PS5 é provavelmente um reflexo disso, através da retrocompatibilidade que se tornou num dos principais temas de conversa na indústria, graças aos incríveis esforços da Microsoft nessa área.

Salta para os comentários (37)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (37)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários