Everwild perdeu o diretor criativo

Rare assegura que o jogo está em boas mãos.

Simon Woodroffe deixou a Rare Studios após 8 anos a trabalhar na companhia, o que deixou Everwild sem o seu diretor criativo.

Num comunicado enviado ao VGC, a Rare Studios confirmou a saída de Woodroffe e assegura que o desenvolvimento de Everwild está bem entregue.

"Agradecemos ao Simon por todo o seu trabalho em Everwild e desejamos-lhe a melhor das sortes no futuro. A equipa Everwild está em boas mãos e dedicada a construir um jogo que dará aos jogadores experiências inesquecíveis num mundo natural e mágico," respondeu Craig Duncan, líder da Rare.

Não foi apresentada nenhuma explicação para a sua saída, mas fontes do VGC dizem que Woodroffe estava ausente há já diversos meses e que apresentou a sua carta de demissão em Setembro.

James Blackham é o principal designer em Everwild, enquanto Lousie O'Connor, animadora em Conker's Bad Fur Day e veterana na Rare, está agora encarregue de gerir a produção.

Salta para os comentários (34)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (34)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários