CD Projekt RED recebe ameaças de morte por adiar Cyberpunk 2077

"Somos pessoas, tal como vós".

A CD Projekt RED juntou-se à lista de companhias cujos funcionários receberam ameaças de morte, simplesmente porque os fãs receberam uma notícia indesejada, como um adiamento.

Ontem, a companhia polaca anunciou que, num esforço extra de otimização, Cyberpunk 2077 foi adiado para Dezembro, mas algumas pessoas não parecem preocupadas com a possibilidade do jogo chegar ainda mais polido e otimizado, não querem esperar 21 dias adicionais e querem o jogo já.

A sua vontade de jogar Cyberpunk 2077 é tanta que decidiram manifestar a sua frustração com ameaças de morte a funcionários da CD Projekt RED, que lamentaram o sucedido nas redes sociais.

Andrzej Zawadzki, Senior Game Designer em Cyberpunk 2077, foi uma das vozes a manifestar o seu descontentamento com as reações que recebeu inicialmente, quando foi publicada a mensagem com o novo adiamento.

"Quero falar de uma coisa sobre o adiamento de Cyberpunk 2077. Compreendo que estejas zangado, desiludido e queiras dar voz à tua opinião sobre isso. No entanto, mandar ameaças de morte aos trabalhadores é absolutamente inaceitável e simplesmente errado," diz Zawadzki.

Para terminar, relembra que "somos pessoas, tal como vocês."

Os videojogos despertam imensa paixão e consequentemente, também estão suscetíveis a causar desilusão, mas nada justifica este tipo de atitude.

Salta para os comentários (45)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (45)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários