Isadora Basile alega ter sido afastada da Xbox Brasil após ser alvo de ameaças

Xbox Brasil fala em mudanças na estratégia.

No passado dia 16 de Outubro, Isadora Basile anunciou que foi despedida do cargo de apresentadora da Xbox Brasil após ter sido alvo de ameaças e insultos na internet.

Numa mensagem partilhada no Twitter, Basile partilhou uma mensagem na qual informa que o anúncio do seu novo trabalho na Xbox foi recebido com insultos e até ameaças de violação simplesmente pelo facto de que "não jogava jogo x ou y e por isso não era 'digna'".

A apresentadora contou com a ajuda da família e amigos para lidar com a situação, mas as ameaças e insultos continuaram, o que a forçou a pedir ajuda à Microsoft para lidar com a situação.

No entanto, perante a continuação dos casos, a Microsoft decidiu despedir Basile:

"Devido a todos essas ataques, a Microsoft encontrou como melhor opção me desligar do cargo de apresentadora, para que não esteja mais exposta a situações como essas que se passaram", escreveu no Twitter.

Após o anúncio feito por Basile, a Xbox Brasil reagiu com o seu próprio comunicado, no qual não faz qualquer menção aos problemas que a apresentadora enfrentou e fala apenas em mudanças de estratégia.

"Fizemos algumas mudanças em nossa estratégia de conteúdo original de Xbox no Brasil, resultando em menos canais. Agradecemos a Isadora Basile e a talentosa equipe da agência por sua criatividade e contribuição ao Xbox News," escreveu a companhia numa mensagem direcionada aos seus seguidores.

Além da confirmação da sua saída e de um agradecimento, a Xbox Brasil refere que está a experimentar novas formas de entreter os jogadores, mas Basile diz que a razão é outra.

Em conversa com o TheEnemy, Basile diz que foi demitida precisamente por ter sido vítima de assédio e que isso não combina bem com a imagem que a marca procura passar.

"Sim, eles sempre conversavam comigo pra me dar uma acalmada e ajudar a controlar a situação. Eu me blindei de ver algumas coisas, principalmente no Twitter, mas quando eu via algo muito pesado, eu sempre mandava pra eles", disse Basile sobre o apoio da Microsoft.

No entanto, afirma que foi demitida por "indicação da equipa global" para que a marca não tivesse como face alguém que fosse alvo destes ataques.

"É um sentimento de impotência né? Abracei a marca com todo coração, fiz mais do que o necessário e amava meu trabalho. Perdi meu emprego porque as pessoas não sabem o que é respeito", acrescentou.

Salta para os comentários (114)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Immortals Fenyx Rising review - os deuses estão loucos

A Ubisoft combina ideias fantásticas, mas não consegue um resultado à altura.

Godfall continua a crashar a PS5

E sofre de problemas de desempenho.

Surpresa! Doom Eternal chega à Nintendo Switch a 8 de Dezembro

A mesma gameplay, com resolução inferior.

Comentários (114)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários