China ultrapassa os Estados Unidos como o país mais lucrativo para o cinema

Grandes blockbusters chineses geram receitas incríveis.

A China tornou-se oficialmente no principal país para a indústria do cinema.

As receitas geradas pelas vendas de bilhetes alcançaram os $1.988 mil milhões na China em 2020, o que permitiu ultrapassar os $1.937 amealhados nos Estados Unidos da América, que cede assim o seu primeiro lugar.

Os dados da Artisan Gateway, partilhados pelo THR, indicam ainda que a pandemia COVID-19 ajudou a acelerar o processo, mas que era inevitável ver o país mais populoso do mundo a conseguir o primeiro lugar.

As salas de cinema estão abertas com restrições, 75% da sua capacidade total, mas os estúdios chineses estão a dar o tudo por tudo para recuperar, o que resulta em números sensacionais.

Entre os dias 1 e 8 de Outubro, blockbusters chineses como "My People, My Homeland" ajudaram a indústria do cinema a amealhar $586 milhões, enquanto "The Eight Hundred" ainda figura como o maior sucesso de 2020, com mais de $460 milhões amealhados nas salas de cinema.

Enquanto os estúdios Ocidentais estão a optar por adiar os seus filmes, enquanto gerem a situação de acordo com a evolução da pandemia em cada país, na China a aposta está em atrair os espetadores com grandes blockbusters.

Salta para os comentários (42)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

The Queen's Gambit bate recordes na Netflix

Mini-série mais vista do serviço.

The Last of Us recebe luz verde da HBO

Terá impacto entre os fãs e mesmo em quem nunca jogou os jogos.

Também no site...

Comentários (42)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários