Phil Spencer não garante futuros jogos Bethesda na PlayStation

Acredita que The Elder Scrolls poderá ser exclusivo, mas tudo será decidido caso a caso.

Quando a Microsoft anunciou a aquisição da ZeniMax Studios, consequentemente da Bethesda Game Studios, mergulhou na incerteza todos os fãs da companhia que jogam nas consolas PlayStation e Nintendo, que ficam a questionar se muitas das suas adoradas séries se vão tornar exclusivas da Xbox?

Nenhuma das companhias respondeu diretamente a isso quando a notícia foi anunciada e apenas foi comentado que as decisões seriam tomadas caso a caso, de acordo com cada jogo e sempre a pensar no que é melhor para cada jogo.

Seja lá o que isso significar, uma das possibilidades é ver futuros jogos da Bethesda Game Studios como exclusivos das plataformas Xbox, como as suas consolas Xbox Series e PC, deixando os jogadores PlayStation sem acesso.

Para entender bem o que esta aquisição significa para os jogadores PlayStation, o Kotaku falou com Phil Spencer sobre diversos assuntos e decidiu questionar diretamente se os jogadores PlayStation não terão direito a The Elder Scrols 6 e ao próximo Fallout, por exemplo?

Questionado se é possível recuperar os $7.5 mil milhões investidos na ZeniMax ao deixar de vender os grandes blockbusters da Bethesda na PlayStation, Spencer respondeu simplesmente que "sim".

"Não quero ser contraditório sobre isto. Este negócio não foi feito para retirar jogos a outra base de jogadores," afirma Spencer. "Em lado nenhum nos documentos que preparamos diz 'Como impedimos outros jogadores de jogar estes jogos?'"

"Queremos que mais pessoas consigam jogar jogos, não que menos pessoas os joguem. Mas também digo que no modelo, estou simplesmente a responder diretamente à tua questão, quando penso sobre onde as pessoas vão estar a jogar e o número de dispositivos que tivemos, e temos o xCloud e PC e Game Pass e as nossas consolas, não tenho de lançar estes jogos em qualquer outra plataforma além das plataformas que apoiamos para que o negócio tenha sucesso. Seja lá o que isso quer dizer."

Desta forma, Spencer confirma que poderá decidir não lançar na PlayStation os blockbusters da Bethesda, mas não significa que o fará.

Salta para os comentários (181)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (181)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários