Ex-designer de Kena diz ter sido afastado de forma maliciosa

Ember Lab responde.

Kena Bridge of Spirits, um indie anunciado para PS4, PS5 e PC, tornou-se novamente em motivo discussão após o ex-designer principal se ter queixado que foi removido do projeto de forma maliciosa.

Brandon Popovich, programador e designer que trabalhou em estúdios como a Insomniac, afirma que criou 95% do código de Kena antes de deixar a Ember Lab em 2017, alegando que não recebeu por algum do seu trabalho e que lhe foi prometido um cargo a longo prazo no estúdio, algo que recusou depois da oferta ter sido reduzida de forma significativa.

Segundo avançado pelo VGC, Popovich partilhou emails que apoiam estas alegações e uma outra fonte diz que trabalhou no estúdio e não recebeu pelo trabalho extra que desempenhou, tendo recebido também uma promessa de trabalho a longo prazo.

A Ember Lab respondeu ao VGC que as alegações de Popovich incluem inúmeras acusações falsas e que em compensação pelo seu trabalho não pago, a companhia ajudou-o num dos seus projetos.

De acordo com a argumentação da Ember Lab, Popovich trabalhou apenas 7 meses em Kena e que o jogo está em desenvolvimento há 5 anos. Além disso, diz que a oferta apresentada a Popovich foi bem generosa e acima do valor de mercado. A Ember Lab acrescentou ainda que ele será mencionado nos créditos de Kena quando o jogo for lançado.

Enquanto Popovich alega que criou a maioria das mecânicas para Kena, a Ember Lab apresentou ao VGC documentos que mostram protótipos criados muito antes dele ter sido recrutado para o projeto e que o seu trabalho foi transitar esse protótipo feito no Unity para o Unreal Engine.

Nesta troca de argumentos, Popovich diz que a sua contribuição inicial foi menor, mas quando percebeu o que precisava ser feito, o seu envolvimento tornou-se cada vez maior e diz que a dada altura lhe foi apresentada a possibilidade de se tornar no principal designer de Kena, algo que acredita evidenciar bem o quão significativo foi o seu contributo para o jogo.

Agora, após o jogo ter sido apresentado, diz-se surpreendido por ver que o seu trabalho deu frutos e sente que a Ember Lab não foi verdadeira consigo quando lhe apresentou uma proposta que não podia aceitar, acrescentando sentir que foi afastado de forma maliciosa do projeto.

A Ember Lab lamenta que se sinta assim e que esteja a espalhar falsas acusações.

Salta para os comentários (10)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Jogo português 12 Minutes adiado para 2021

Annapurna diz que está em fase de polimento.

Sony sugere que Kena foi novamente adiado

Atualizado: Ember Lab desmente.

Primeira oferta PS Plus PS5 já disponível

Podes adicionar Bugsnax à lista mesmo sem ter a nova consola.

Grounded regista 5 milhões de jogadores

Chegou uma nova atualização.

Também no site...

Dr. Mario World tem microtransacções de €74,99

Vê todos os preços do novo jogo da Nintendo.

Comentários (10)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários