PlayStation acredita que consolas como a Xbox Series S não têm grandes resultados

Consolas com especificações mais fracas não conquistam os jogadores.

A PlayStation ponderou apresentar uma PlayStation 5 com especificações inferiores, uma alternativa para os consumidores ao estilo do que a Microsoft fez com a Xbox Series S, mas temeu que seria um produto problemático.

Jim Ryan, CEO da PlayStation, admitiu que pensaram nessa possibilidade, mas a pesquisa que a divisão efetuou revelou que consolas com especificações reduzidas, mesmo a preço reduzido, não têm bons resultados.

Segundo Ryan comentou numa recente entrevista com o japonês AV Watch, essa abordagem não seria a melhor para a companhia, apesar de respeitar os planos da concorrência.

"A primeira coisa que quero dizer é que respeito a decisão e filosofias da concorrência. O preço é claramente um fator muito importante. Respeitamos as estratégias competitivas das outras companhias. No entanto, estamos totalmente dedicados e acreditamos na nossa atual estratégia e no efeito que terá."

"Uma coisa que pode ser dita é que se olhares para a história no negócio dos videojogos, criar uma consola especial de baixo preço, com especificações reduzidas é algo que não teve bons resultados no passado. Pensámos nessa opção e vimos outros executivos que tentaram isto, descobrir o quão problemática é."

Ryan diz que a pesquisa efetuada revela que as pessoas que querem comprar uma consola querem usá-la durante 4 ou até mesmo 7 anos, "querem acreditar que comprar algo resistente ao futuro e não ficará datada dentro de 2 a 3 anos."

Apesar de apresentar dois modelos da PS5, a única diferença será o leitor de discos físicos e as especificações são iguais, enquanto a Xbox lançará a Xbox Series S por 299 euros, mais fraca do que a Xbox Series X de 499 euros. Duas estratégias diferentes e caberá ao futuro dizer se Ryan tem razão.

Salta para os comentários (194)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

"Streamers deviam pagar comissões aos estúdios", diz diretor criativo na Google Stadia

As editoras permitem transmitir gameplay e não ganham com isso.

PS5 chegará com apps Disney+, Netflix, Spotify, Youtube e mais

Existirá um centro Media de fácil acesso.

EA alvo de processo legal no Canadá devido às caixas de loot

Queixosos dizem que não respeitam as leis do país.

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (194)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários