Rocksteady acusada de nada fazer contra o assédio sexual

Várias mulheres queixam-se da falta de medidas.

A Rocksteady Studios, conhecida pela trilogia Arkham, foi acusada de nada fazer perante as acusações de assédio sexual.

Uma carta, escrita e enviada em Novembro de 2018 aos máximos responsáveis do estúdio, relata diversos momentos de comportamentos impróprios que foram ignorados, segundo avança o The Guardian após o relato de uma pessoa que assinou a carta.

Segundo agora descoberto, 10 das 16 mulheres que trabalhavam na Rocksteady (que lista um total de 239 funcionários) colocaram os seus nomes na carta e relatam momentos de comentários feitos sobre o corpo de mulheres funcionárias e comportamentos impróprios para o local de trabalho.

Em conversa com o The Guardian, esta mulher diz que decidiu revelar tudo pois a companhia nada fez.

"Ouvi de tudo desde afirmações sobre apalpar a incidentes com os directores, todos eles homens. Ainda assim, a única coisa que tivemos como resultado disto foi um seminário geral que durou uma hora. Todos os que estiveram presentes tiveram de assinar uma declaração que confirma que receberam o curso. Pareceu uma forma de se protegerem."

Esta ex-funcionária da Rocksteady diz que a esmagadora maioria das pessoas são fantástica e é injusto para eles passarem por problemas quando apenas algumas pessoas não são geridas como devem ser.

Contactada pelo The Guardian, a Rocksteady diz que a carta foi discutida entre a chefia e que vão tomar medidas para assegurar que todos os funcionários trabalham num local seguro.

Desde que receberam a carta, implementaram diversas medidas para evitar futuros problemas e diz que em 2020 continuam a desenvolver uma cultura de respeito.

Salta para os comentários (0)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (0)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários