EA remove festejos de FIFA 21 para combater a toxicidade

"Shush" e "A-OK" serão removidos.

A EA Sports decidiu combater a toxicidade na série FIFA e começa por remover alguns dos mais irritantes festejos em FIFA 21.

Segundo revelado pela companhia, os festejos "Shush" e "A-OK" foram removidos de FIFA 21 e estão mais mudanças a caminho, de forma a reduzir o nível de festejos que podem ser considerados de mau gosto.

Os festejos são uma forma de provocar o adversário pois eles são obrigados a assistir a tudo e no calor do momento, especialmente quando sentes que um golo foi injusto, é apenas ainda mais irritante.

A celebração na qual o jogador manda calar os adversários é vista como uma das mais irritantes pois é das mais longas e provocadoras, forçando o jogador que sofreu o golo a assistir à provocação.

Eis um exemplo deste festejo em FIFA 20:

Quanto ao famoso festejo de Dele Alli, que o atleta usou pela primeira vez em 2018, também vai à vida.

O gesto "A-OK" espalhou-se pelas redes sociais e foram partilhadas inúmeras tentativas de fãs que o tentavam imitar, algo que incentivou a EA Sports a colocá-lo em FIFA 20.

No entanto, a companhia parece ter sentido que não é adequado para o seu jogo, mas ainda não explicou o porquê desta decisão pois o festejo não é visto pela comunidade como tóxico.

Poderá estar relacionado com a actual situação nos Estados Unidos e a luta por igualdade e justiça, algo que afectou Modern Warfare e incentivou a Infinity Ward a remover o gesto OK do seu jogo.

Eis um exemplo do festejo em FIFA 20:

Actualização: originalmente, esta notícia referia que o festejo "Calma" de Cristiano Ronaldo também foi removido do jogo, mas até ao momento a EA ainda não o confirmou como um dos festejos que serão removidos de FIFA 21.

A EA anunciou ainda que removeu a cinemática após um jogo, na qual os jogadores caminham para o centro do campo.

A companhia também afinou FIFA 21 para reduzir os momentos nos quais podes queimar tempo, seja em livres ou grandes penalidades, reduzindo o tempo que tens para marcar lances de bola parada.

Algumas cenas não vão surgir para que a partida online seja mais dinâmica e não esperes ver o guarda-redes a caminhar para pontapear o pontapé de baliza ou ver o jogador a caminhar para ir buscar a boa e a lançar.

Algo que também mereceu afinamento é o tempo em que o jogo determina quando deve encerrar a partida.

A equipa na EA Sports quer combater a toxicidade e as animações foram um dos pontos de partida pois obtiveram feedback que não é a melhor ideia manter estes festejos e afirmar que querem combater estas atitudes.

Além disso, os ajustes feitos nas sequências que deixam de ser visíveis e a redução dos tempos parados servem para tornar o jogo ainda mais dinâmico e para que os dois jogadores se sintam mais respeitados.

Salta para os comentários (5)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Bioware e EA celebram o Dia Dragon Age

Festividades para todos os fãs.

O que estamos a jogar - 4 dezembro

E tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Chrono Cross regressa num evento de Another Eden

Square Enix promete mais novidades para 9 de dezembro.

Hellblade 2 estará nos Game Awards, dizem fontes não oficiais

Hellblade 2 poderá regressar aos holofotes.

Comentários (5)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários