Director de God of War prefere jogos mais caros do que repletos de micro-transações

Um dos temas a marcar a iminente chegada das novas consolas.

Cory Barlog é um veterano da indústria que conquistou mais notoriedade enquanto director do mais recente God of War, lançado na PlayStation 4, mas é um apaixonado por videojogos que joga em todas as consolas.

Frequentemente, Barlog fala sobre videojogos da perspectiva de consumidor e partilha no Twitter os títulos que está a jogar. Recentemente, partilhou o seu entusiasmo pela chegada de uma nova geração.

Balrog acredita que os jogadores serão os grandes vitoriosos com a chegada da PlayStation 5 e Xbox Series X, mas quando confrontado com os receios do aumento no preço dos jogos na próxima geração, Balrog diz é preferível isso do que ter jogos repletos de micro-transações.

Nos últimos dias, várias vozes comentaram que os custos estão a subir e que o preço dos jogos não, algo que poderá mudar a partir do próximo mês de Novembro e com o qual Barlog concorda.

"Os têm de ficar mais caros. Prefiro um aumento inicial no preço do que o constante inferno das tentativas de sacar mais dinheiro repletos de micro-transações nos quais alguns jogos se tornaram."

Concordas com Barlog, é preferível um jogo mais caro do que um jogo mais barato e repleto de micro-transações?

Salta para os comentários (63)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (63)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários