Ubisoft reage às acusações feitas a vários funcionários e promete mais investigações

Admite que devia ter feito mais.

A Ubisoft apresentou um comunicado no qual reage às recentes alegações de assédio sexual e violações, alegadamente cometidas por diversos funcionários da companhia.

Sem mencionar nomes, a Ubisoft diz que continua a investigar as acusações e lamenta não ter feito mais para providenciar um espaço de trabalho seguro para todos os seus funcionários e fãs.

Desde a semana passada, foram feitas diversas acusações de assédio sexual e até violação contra Andrien "Escoblades" Gbinigie, veterano na Ubisoft que trabalhou como gestor da comunidade na série Assassin's Creed, que reagiu no Twitter e negou uma das acusações, mas não respondeu a outras.

Mas este é apenas um dos nomes envolvidos nestas acusações mais recentes pois não vários os funcionários da Ubisoft que são agora acusados.

"Queremos pedir desculpas a todos os que foram afectados por isto," diz a Ubisoft no comunicado, "lamentamos verdadeiramente."

"Estamos dedicados a construir um local inclusivo e seguro para as nossas equipas, jogadores e comunidades. É nítido que podíamos ter feito mais no passado. Temos de fazer melhor."

A Ubisoft iniciou uma série de investigações, com o apoio de especialistas externos, para descobrir a verdade e tomar todas as medidas adequadas. Por enquanto, não comentará o assunto, mas promete implementar mais medidas.

Darby McDevitt, parte da equipa de Assassin's Creed: Valhalla, reagiu à saída do director criativo, um dos nomes envolvidos nestas acusações, e reagiu à situação em geral.

Salta para os comentários (0)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (0)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários