Naughty Dog cortou uma cena intensa e brutal de The Last of Us: Parte 2

Seria mais um momento doloroso para Joel.

A Naughty Dog colocou finalmente The Last of Us: Parte 2 nas lojas e agora que o jogo chegou às mãos dos jogadores, já se sente mais à vontade para falar sobre o desenvolvimento e as suas filosofias.

Numa recente conversa com o The Washington Post, obrigado ao VG247, Neil Druckmann e Halley Gross conversaram sobre algumas coisas que mudaram durante o desenvolvimento e deram exemplos de cenas que tiveram de ser cortadas enquanto afinavam a história e ritmo de progressão.

Para tornar a narrativa mais eficaz e ao encontro dos seus desejos, capaz de criar o efeito pretendido, algumas partes foram movidas e outras ajustadas, mas algumas foram completamente cortadas.

Um dos exemplos é uma cena com Joel e Ellie, relacionada com um epílogo cortado do original, no qual Joel falaria sobre Esther, uma mulher pela qual se apaixonou e vivia perto de Jackson.

Em The Last of Us: Parte 2, a Naughty Dog criou uma sequência onde Ellie e Joel iriam visitar Esther, mas quando lá chegam a casa estaria repleta de infectados e terias de salvar Esther. No entanto, ao encontrá-la, Joel perceberia que ela foi mordida e após enviar Ellie para ir buscar água a um rio ali perto, escutarias o som de um tiro.

Gross diz que ficarias sem saber se foi Joel que a matou ou se Esther acabou com a sua própria vida, mas a ideia era mostrar como Joel se preocupava sempre com Ellie e não queria que ela visse aquele momento tão duro.

No entanto, sem tempo para construir a personagem Esther e lhe dar verdadeiro valor, a Naughty Dog decidiu não apresentar essa cena e retirar a sua presença do jogo, que até seria novamente confirmada através de uma carta de amor na casa de Joel.

Esta seria certamente mais uma cena brutal e intensa, dolorosa para Joel, personagem que já passou por muito ao longo destes dois jogos.

Salta para os comentários (50)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Konami acalma rumores de Silent Hill

Partilha no Twitter gerou especulação indesejada.

The Medium exige uma RTX 2080 para 4K com ray tracing

Eis as especificações mínimas e recomendadas.

Medium corre a 4K e 30 fps na Xbox Series X para sensação cinemática

E para poder apresentar dois mundos em simultâneo.

Também no site...

Comentários (50)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários