The Last of Us: Part 2 - 10 coisas que precisas de saber antes de jogar

Os nossos conselhos para aproveitares a sequela ao máximo.

The Last of Us: Part 2 chega já na Sexta-Feira às lojas e, visto que já terminámos o jogo e vamos na nossa segunda playthrough, achamos por bem partilhar alguns conselhos contigo para que possas desfrutar do jogo ao máximo. Tal como na nossa review de The Last of Us: Part 2, este artigo está livre de qualquer spoiler relacionado com a narrativa do jogo.

1. É preciso jogar o primeiro para aproveitar a história ao máximo

O primeiro conselho que temos para dar é também o mais importante. The Last of Us: Part 2 é uma continuação directa dos eventos do jogo anterior, embora decorra cinco anos depois. Existe uma pesada bagagem emocional que apenas vais compreender se tiveres jogado a primeira parte. Por isso, caso não tenhas jogado, trata disso!

2. Domina o mais rápido possível a mecânica de desviar

A mecânica de desviar é fundamental em The Last of Us: Part 2. Existem muitos inimigos que correm na tua direcção. Há humanos com todo o tipo de armas, cães raivosos, e diversos tipos de infectados. Para te desviares dos seus ataques, tens que carregar no círculo (O) atempadamente. Dominar o ritmo de carregar neste botão no tempo certo vai-te poupar o uso de curativos e tornar-te num mestre dos ataques corpo-a-corpo, que são uma excelente forma de poupar munição. Há vários infectados que te matam com só golpe - como exemplo os clickers, que te mordem imediatamente o pescoço - mais uma razão para aprenderes a desviar-te.

3. Vasculha todas as gavetas e recantos

Este é um jogo de sobrevivência, por isso não esperes encontrar munição e recursos com abundância. Por cada área que passares, há muitas gavetas, armários, cacifos e outros sítios para vasculhar em busca de mantimentos que te permitem fabricar curativos, bombas, cocktails molotovs, bem como implementar modificações permanentes nas armas e nas habilidades da personagem. Como The Last of Us: Part 2 tem níveis muito mais vastos do que o primeiro, é fácil deixar sempre alguma coisa para trás, por isso procura bem.

4. Não podes desbloquear todas as melhorias na primeira playthrough...

Existem diversas habilidades permanentes que podes desbloquear para Ellie, divididas em várias secções. Estas habilidades podem ser desbloqueadas com um item (é basicamente um comprimido) que vais encontrando enquanto exploras os níveis. Apesar de ter explorado bastante, não cheguei perto de desbloquear todas as habilidades possíveis. Portanto, não esperes desbloquear todas as habilidades da primeira vez e, mais importante, escolhe as habilidades que vão de encontro ao teu estilo de jogo. Se preferes jogar pelo seguro, investe em habilidades de Stealth. Se preferes combate, investe em habilidades ofensivas. No meu caso, preferi investir num misto para estar preparado para tudo.

5. Mas existe New Game Plus...

Assim que terminas The Last of Us: Part 2 pela primeira vez, podes voltar a repetir a dose em New Game Plus. Neste modo, além de preservares todas as habilidades de personagem e modificações feitas às armas, tens acesso a novas opções de dificuldade. Por exemplo, se escolheste a dificuldade "Moderada" na primeira playthrough, no New Game Plus podes escolher a dificuldade "Moderada+", que é ligeiramente mais difícil. Na segunda playthrough já consegues desbloquear todas as habilidades disponíveis para a personagem.

6. Como lidar com os cães

Os cães são um novo tipo de inimigo em The Last of Us: Part 2, usados pelas patrulhas da WLF para farejar oponentes. As áreas em que tens de passar por cães são das mais difíceis do jogo. Os cães conseguem detectar o teu cheiro se estiveres muito próximo deles, portanto, mantém-te o mais afastado possível. Se não conseguires e um cão começar a seguir o teu rasto, a única alternativa é pegar num tijolo e garrafa e atirar para bem longe, distraindo o cão. Os cães também são bastante rápidos a atacar e é complicado desviares-te a tempo.

7. Cuidado com os Serafitas

Os Serafitas são uma nova facção religiosa na sequela. Diferente das patrulhas da WLF, que são imediatamente evidentes, os Serafitas são sorrateiros e preferem ficar escondidos para surpreender os adversários. A maioria dos seus soldados usam arco e flechas (que podem ficar espetadas no corpo de Ellie, reduzindo a sua mobilidade), mas também vais encontrar autênticos bruta-montes armados com enormes picaretas - escolher uma luta corpo-a-corpo com estes adversários não é uma boa ideia.

8. Mantém sempre um tijolo na mochila

Os tijolos em The Last of Us: Part 2 são super úteis. Primeiro, podes usá-los como uma arma contra inimigos ou para distrair infectados. Em segundo, são necessários para partir vidros e aceder a algumas áreas que, de outra forma, estão inacessíveis (sobretudo montras de lojas e casas). Nestes locais encontram-se os recursos mais raros do jogo, incluindo manuais que desbloqueiam novas categorias de habilidades, coldres para as armas e, por vezes, códigos para cofres que estão perto daquela zona.

9. Morrer é uma experiência interessante

O ecrã de "Game Over" tem normalmente uma conotação negativa, em grande parte porque nos jogos de antigamente tinhas que repetir tudo de novo. Em The Last of Us: Part 2 o sistema de gravação automática funciona extremamente bem e, no máximo, apenas vais perder alguns minutos de progresso. Mas não é isto que torna a morte numa experiência interessante. A Naughty Dog é tão obcecada com detalhes que deu aos inimigos - humanos e infectados - diversas animações que só podes ver se Ellie morrer. No caso dos infectados, estas mortes são bastante grotescas. Confesso que achei alguma piada descobrir todas as formas como Ellie pode morrer no jogo.

10. Não tenhas pressa

Não jogues a correr. Tanto a narrativa como cada nível são bastante longos, além de que são muitos os belos cenários que tens para apreciar. Há tantos pormenores fantásticos que, começar a jogar à pressa, é realmente um desperdício.

Salta para os comentários (36)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (36)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários