"O número de AAA gigantescos vai diminuir", afirma Kojima

Acredita que jogos vivos serão mais sustentáveis.

Hideo Kojima, famoso criadores japonês, falou sobre o futuro dos videojogos e como acredita que o modelo de desenvolver gigantescos jogos AAA durante vários anos não será sustentável no futuro.

Na mesma entrevista em que falou do sucesso de Death Stranding e negou o envolvimento no regresso de Silent Hill, Kojima foi questionado sobre o actual estado da indústria, constantemente em transformação e o que isso significa para o futuro.

"Pessoalmente, penso que os grandes projectos, como os AAA, vão diminuir," diz Kojima.

"Com os serviços de distribuição ao estilo do Steam a tornarem-se mainstream, penso que o método de actualizar constantemente os jogos se tornará mais produtivo."

"Os actuais AAA e blockbusters de Hollywood demoram entre 3 a 5 anos desde o planeamento ao lançamento, demoram imenso. Além do orçamento, não podem lançar mais nada durante esse tempo. Penso que é um conceito antiquado."

"No entanto, para as séries estrangeiras, consegues uma season em alguns meses e fazer isso ao mesmo tempo que recebes feedback do espectador. Os personagens menos populares morrem sem explicação e repetem-se padrões. Depende do alcance que o trabalho consegue ter, mas no meu caso, penso que os jogos vão adoptar essa abordagem."

Estas palavras de Kojima certamente serão divisórias pois o conceito de grandes AAA ainda é o que alimenta o desejo por videojogos em muitos jogadores, mas a ideia poderá passar por lançar blockbusters que vão crescendo ao longo dos meses.

Salta para os comentários (51)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (51)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários