5 Motivos para ficar entusiasmado com Xenoblade Chronicles: Definitive Edition

O mesmo clássico, mas com imensas melhorias.

Foi em Junho de 2010 que a Nintendo apresentou na Europa o jogo Xenoblade Chronicles para a Wii e agora, praticamente 10 anos depois, está pronto para receber uma mais do que merecida "Definitive Edition". Esta foi a forma escolhia pela Nintendo e Monolith Soft para homenagear um dos maiores clássicos entre os JRPGs da sua geração e o apresentar a uma nova audiência. É um jogo relembrado com especial carinho por quem o descobriu na plataforma original e agora, tentará conquistar o mesmo respeito na popular Nintendo Switch.

Ao longo dos últimos dias, temos passado imensas horas em Bionis para descobrir os argumentos desta Definitive Edition de Xenoblade Chronicles e acreditamos que é desde já possível destacar alguns dos seus principais encantos. A Monolith trabalhou para criar uma versão realmente digna do nome que enverga e isso é alcançado através de diversas melhorias, optimizações e até novidades. Especialmente pertinentes pois passaram 10 anos e muitos poderão ter entrado nesta série com Xenoblade Chronicles 2 e isso significa especial cuidado em algumas mecânicas.

O mais fascinante neste regresso de Xenoblade Chronicles é mesmo a oportunidade de apresentar mais uma obra de Tetsuya Takahashi a novos jogadores, que poderão ter passado ao lado do seu invejável currículo. Após quase 10 anos na Square Enix, este japonês apresentou "Xenogears", um clássico de culto que fascinou os jogadores com as suas temáticas e que te faz perceber como Takahashi já ambicionava explorar temas específicos. Seja religião, essência humana, cataclismos apocalípticos ou o espírito de sobrevivência perante probabilidades mínimas, é curioso constatar como esse primeiro jogo como director já explana bem os seus principais traços como criador e isso é algo que continuou com a série Xenosaga e Xenoblade.

Pessoalmente, aceitaria um remaster ou port HD de praticamente qualquer jogo encabeçado por este senhor e se Bandai Namco não tem intenções de uma Xenosaga HD Trilogy, apenas posso comemorar a possibilidade de ter Xenoblade Chronicles na Nintendo Switch e ficar à espera que seja feita uma Definitive Edition para Xenoblade Chronicles X. Mas, por enquanto, o que está a caminho é Xenoblade Chronicles: Definitive Edition e é isso o que me deixa entusiasmado, especialmente por estes cinco motivos.

Mais do que um Remaster HD

Na sua essência, este é o mesmo jogo de 2010, mas a Monolith melhorou imenso a qualidade gráfica, o que abona algo de muito positivo quando falamos de um jogo com mapas e criaturas de dimensões épicas. Os mapas são os mesmos e o design não foi alterado, mas o trabalho feito para inserir novas texturas, melhorar as cores, iluminação e efeitos é digno de destacar. Muito foi feito para o aproximar de Xenoblade Chronicles 2, um jogo de 2017 que nasceu nesta mesma consola, a Nintendo Switch.

Seja na dock ou em modo portátil, espera por um perfil de qualidade visual semelhante, mas como Xenoblade Chronicles é um jogo de natureza mais simples, isso poderá trazer benefícios em termos da resolução dinâmica. O que mais interessa é que o jogo fica com um aspecto surpreendentemente actual e em alguns momentos, as melhorias conseguem enganar e bem. Especialmente nos personagens, as faces foram refeitas e é preciso mesmo colocar as duas versões lado a lado para ter uma verdadeira sensação do quanto mudou e melhorou.

Batalhas Aprimoradas

Xenoblade Chronicles surpreendeu pela forma como abordou o conceito de acção em tempo real e estratégia por turnos, apresentando-te uma inesperada mistura que ainda hoje figura como do mais interessante no género. Para esta Definitive Edition, a Monolith trabalhou em optimizações que tornam este híbrido muito mais intuitivo. Quando falamos de remasters, além do trabalho de actualização visual, as melhorias "Quality of Life" são essenciais para o jogo. Aqui, a Monolith introduziu indicadores visuais que tornam mais fácil distinguir qual a habilidade melhor adequada para o momento e isso torna tudo muito mais fluído.

Mais do que os bem-vindos ajustes no HUD e as faces estilo anime dos personagens, Xenoblade Chronicles Definitive Edition torna o seu sistema de combate ainda mais apelativo com estes indicadores. A sério, fazem grande diferença, especialmente ao desencadear combos de Arts. Uma habilidade poderá ser mais eficaz quando usada na lateral ou traseira do adversário e agora tens esse indicador para to relembrar. Mais do que isso, até as Monado Arts exibem esse ponto de exclamação para te indicar de imediato qual a habilidade mais eficaz para o contexto da batalha.

Banda Sonora Remasterizada

Um dos motivos pelos quais é tão fácil passar horas a fio a jogar Xenoblade Chronicles é a sua banda sonora. Bionis ganha um especial encanto com a ajuda dos temas compostos por Manami Kiyota, ACE+, Yoko Shimomura e Yasunori Mitsuda. É uma característica muito importante dos jogos da Monolith Soft e tal como foi em Xenoblade Chronicles X e Xenoblade Chronicles 2, por exemplo, também o é aqui. No entanto, a equipa não se limitou a introduzir os temas originais, foram feitos novos arranjos.

Poderá parecer estranho referir uma banda sonora como um dos motivos para ficar entusiasmado em Xenoblade Chronicles Definitive Edition, mas a verdade é que a existência de uma banda sonora remasterizada além da original, é um passo firme para validar o estatuto de Definitive Edition. Num JRPG, a banda sonora poderá fazer toda a diferença nas horas de grind, numa boss fight ou numa cutscene importante e dramática. Como podes ver no exemplo em baixo, há muito aqui pelo qual ficar entusiasmado.

Pequenas Grandes Melhorias

Tal como referido sobre as batalhas, a Monolith esforçou-se com imensas melhorias "Quality of Life" que fazem uma grande diferença. Poderão ser pequenas, mas o impacto que terão na tua experiência de dezenas de horas será grande. Existem muitas que podiam ser destacadas, mas por agora vamos apenas referir as que dizem respeito à gestão das missões secundárias.

Seja nas missões principais ou secundárias, terás sempre um indicador no mapa a apontar o objectivo e isto torna a exploração intuitiva. Podes continuar a passear à vontade por Bionis, mas perante a imensidão de alguns cenários, estes indicadores valem ouro. Além disso, ao pressionar baixo no D-Pad, abres de imediato o menu de missões secundárias e podes escolher entre as que estão disponíveis e torná-la activa. Neste menu de missões secundárias até podes ver o estado da Colony 6 e visualizar os objectivos.

Novo Epílogo

A Monolith Soft não se limitou a actualizar Xenoblade Chronicles para a Nintendo Switch, incluindo novas texturas, personagens totalmente remodelados, nova iluminação, ajustes no sistema de batalha e optimização de mecânicas, também introduziu novidades. Parte desta Definitive Edition é um novo epílogo, uma nova história que decorre um ano após os eventos do jogo principal.

Se quiseres, poderás entrar de imediato em "Future Connected" e descobrir o que esta nova jornada inédita de Shulk tem para te oferecer. É uma história opcional que expande o mundo de Shulk e que figura como um dos motivos de maior interesse para quem adorou Xenoblade Chronicles e deseja descobrir mais do que acontece aos principais personagens.

Existem muitos mais motivos pelos quais ficar entusiasmado com Xenoblade Chronicles Chronicles Edition para a Nintendo Switch. O jogo estará disponível a partir de 29 de Maio e continuaremos a explorar Bionis para mais tarde te revelar o que te aguardar. Se tal como nós adoras JRPGs e acreditas que os maiores clássicos merecem estar a um fácil alcance, então certamente estás mais do que encantado com a possibilidade de voltar ou descobrir Bionis na mais recente consola da Nintendo.

Salta para os comentários (10)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (10)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários