Xbox diz que não há magia para tornar os jogos mais pequenos na próxima geração

Mas sabe que é uma das tuas maiores preocupações.

Durante esta actual geração, os tamanhos dos videojogos começaram a crescer para valores que outrora seriam impensáveis e quando tens jogos de 100GB no disco da tua consola, começa a tornar-se numa preocupação.

A possibilidade de expandir o armazenamento resolve a situação para muitos, mas ainda assim, descarregar actualizações enormes ou instalar jogos com 70 ou 100GB será sempre algo a ter em conta.

Ao entrar numa nova geração, é normal questionar se algo será feito para reduzir o tamanho dos ficheiros ou se a tendência continuará e vão ficar cada vez maiores, consoante exibem maior ambição.

Numa recente entrevista com o Eurogamer em Inglaterra, Jason Ronald, um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento da Xbox Series X, foi questionado se a Microsoft está a pensar em fazer algo para melhorar a situação em torno do tamanho dos videojogos.

Ronald explica que sim, que estão atentos a essas preocupações, mas avisa que não existe nenhuma magia para encolher o tamanho dos jogos e acredita que algumas das novas funcionalidades serão extremamente úteis para reduzir os tempos de espera.

"Não existe magia para tornar os jogos mais pequenos. Mas tudo o que apresentamos, desde as tecnologias de compressão que permitem que a imagem do disco e a quantidade de dados que precisas descarregar sejam menores, também dá-mos aos criadores muitas ferramentas para que possam ser mais inteligentes sobre quais os assets que serão instalados e quando."

"Por exemplo, se estás numa consola definida para Inglês, precisas instalar os assets de áudio Francês e Espanhol ou as cutscenes?"

Ronald diz ainda que a tecnologia Fast Start ajudará a máquina a compreender quais os assets que são usados e usados com maior frequência, para que possa instalar dados de forma inteligente.

Além disso, reduzir o tamanho dos jogos está na mira da Microsoft e é algo com o qual está a trabalhar com as parceiras, mas não querem de forma alguma limitar a ambição destes mundos cada vez mais ambiciosos.

"É mesmo um desafio. É definitivamente algo no qual trabalhamos. Mas não existe um botão que por magia torne tudo mais pequeno. Não queremos limitar estes mundos e universos espantosos que são criados. Apenas precisamos dar as ferramentas para conseguirem criar as contra-partidas correctas."

Salta para os comentários (42)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (42)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários