Bethesda e Zenimax doam $1 milhão para diversas instituições

Direct Relief, UNICEF e mais.

A Bethesda e a Zenimax Media decidiram doar $1 milhão (cerca de 924,000 euros) a várias instituições de caridade que combatem a pandemia COVID-19.

O dinheiro será distribuído por instituições como Direct Relief, UNICEF e outras que estão localizadas nas cidades onde a Bethesda tem estúdios.

A companhia está ainda a tentar ganhar mais donativos através de transmissões no Twitch, nas quais funcionários da Bethesda estão a jogar em directo.

A Bethesda é conhecida pelas séries Fallout e The Elder Scrolls, enquanto a Zenimax, dona da Bethesda, é dona de companhias como a id Software, responsáveis por DOOM e Quaker, Arkane Studios de Dishonored e ainda a MachineGames, conhecida por Wolfenstein.

Além da Bethesda e Zenimax, outras companhias como a Ndemic Creations, conhecida por Plague Inc., Sony e Nintendo, doaram dinheiro e material de protecção para ajudar no combate à pandemia.

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Paper Mario da N64 a caminho da Nintendo Switch

Através do novo patamar do serviço online.

The Ascent classificado para PS5 e PS4

Anúncio poderá ser feito a qualquer momento.

Cyberpunk 2077 e The Witcher vão receber funcionalidades multiplayer

CD Projekt quer aprender para depois adicionar mais e mais.

Também no site...

League of Legends: Wild Rift é o jogo iPhone do ano

Apple destaca os melhores jogos do ano.

It Takes Two alvo de reclamação de direitos de autor pela Take-Two

Hazelight abandonou o registo do nome, mas espera não ter de mudar o nome ao jogo.

Valve revela a embalagem da Steam Deck

É uma destas que vais receber em casa.

Vídeo | Lootbox #40 LIVE - Em direto com a comunidade

Junta-te a nós pelas 16h de Portugal, 13h no Brasil.

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários