Final Fantasy 7 Remake com suporte 4K na PS4 Pro

HDR também foi confirmada.

A Square Enix confirmou algumas informações adicionais sobre Final Fantasy 7 Remake.

Será a 10 de Abril que poderás iniciar a tua jornada em Midgar para salvar o planeta das mãos de uma corporação gananciosa, como parte da Avalanche, um grupo de activistas ambientais.

O remake de um dos mais aclamados jogos desta indústria, lançado originalmente em 1997 para a PS1 e desde então um marco memorável na trajectória do entretenimento interactivo, é um dos jogos mais aguardados de 2020 e faltam poucos dias para chegar.

Através da conta oficial do jogo no Twitter, a Square Enix confirmou que poderás desfrutar da tecnologia HDR para uma melhor qualidade de imagem na PS4 e PS4 Pro.

Se jogares na consola mais recente da Sony, terás ainda suporte para resolução 4K, mas a Square Enix não especificou se é alcançada de forma nativa ou atráves de conversão.

A chegada da demo permitiu ao Digital Foundry analisar a tecnologia e descobrir que corre a 2880x1620 dinâmica na Pro, o que poderá indicar o uso de checkerboard na versão final.

Como referido, Final Fantasy 7 Remake chegará a 10 de Abril e além da demo, disponível na PlayStation Store e que te dá acesso a um tema dinâmico exclusivo, poderás adquirir a versão padrão ou Deluxe Digital para começar o mais rápido possível a descarregar os 90.66GB de dados para a tua consola.

Salta para os comentários (35)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Mais um vídeo de Returnal

11 coisas que tens de saber sobre o exclusivo PS5.

Castlevania Season 4 estreará em Maio e será a última

Mas a Netflix explorará este universo em novas séries.

Comentários (35)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários