Altos executivos da Disney aceitam cortes no salário em reacção aos efeitos da COVID-19

Bob Iger prescinde do seu salário.

A indústria de Hollywood está a enfrentar momentos altamente difíceis devido aos efeitos da pandemia COVID-19 e uma das companhias mais afectadas é a Disney.

Desde o adiamento de estreias, paragens nas filmagens ou nos trabalhos de pós-produção, a Disney tem centenas de equipas em casa e a cada dia que passa, perde cerca de $30,000 com os efeitos da pandemia.

De acordo com o The Hollywood Reporter, uma das principais reacções dos altos executivos da Disney será prescindir de parte do seu salário ou até de todo o salário.

Entre os principais executivos, é avançado que Robert Iger ficará sem o seu salário, enquanto Bob Chapek, o novo CEO que ocupa agora o lugar que pertencia a Iger, reduzirá para metade o seu salário.

No ano fiscal anterior, Iger amealhou $47.5 milhões e o salário base de Chapek enquanto CEO é de $2.5 milhões, sem os bónus, o que permitirá à companhia poupar uma boa quantia.

Além destes dois executivos, outros dos principais gestores na Disney terão cortes entre os 20% a 30% nos seus salários, como medida para enfrentar o momento difícil que a companhia enfrenta.

Além de Black Widow, a Dinsey adiou as estreias de Mulan e The New Mutants, após o encerramento dos cinemas, como medida preventiva perante esta pandemia.

As companhias de Hollywood estão a ser forçadas a alterar por completos os seus calendários e a enfrentar incríveis perdas. Segundo as mais recentes estimativas, Hollywood poderá perder até $20 mil milhões devido aos efeitos da COVID-19.

A lista de produções pausadas devido à COVID-19 é enorme e continua a aumentar a cada dia. A Netflix também está entre as companhias forçadas a tomar medidas, interrompendo as filmagens de The Witcher: Season 2 e da altamente aguardada Stranger Things 4.

No final de Fevereiro, as filmagens de Missão: Impossível 7 foram adiadas, enquanto na semana passada, a Disney decidiu cancelar as filmagens da série The Falcon and the Winter Soldier, que estavam a decorrer em Praga, na República Checa.

Além disso, Velocidade Furiosa 9 foi adiado para 2021, e o novo filme de James Bond também já tinha sido adiado, como reacção à pandemia.

Mais recentemente, Wonder Woman 1984 foi adiado, o final de The Walkind Dead Season 10 também será apresentado mais tarde do que previsto, a série The Walking Dead: World Beyond também sofreu um adiamento e tudo isto revela como Hollywood está a lidar com a crise.

Com os cinemas encerrados e grande parte do mundo em isolamento social, outras editoras decidiram lançar mais cedo nos serviços digitais diversos filmes, que chegaram às salas de cinema semanas antes do encerramento das mesmas.

O filme Bloodshot com Vin Diesel chegou aos serviços digitais dias após a estreia no cinema, enquanto Onward da Pixar, Birds of Prey da Warner Bros. e Sonic The Hedgehog da Paramount estão disponíveis nos serviços digitais, muito antes do que seria habitualmente expectável.

Salta para os comentários (5)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Phil Spencer diz que não perde tempo com guerra de consolas

Patrão da Xbox diz que isso impede o crescimento da indústria.

Ofertas PS Plus já disponíveis

Godfall e mais para a tua biblioteca.

Nintendo perdeu caso legal sobre restrições nas reservas eShop

Entidade alemã recorreu da anterior decisão e ganhou.

Também no site...

Comentários (5)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários